-

sábado, 13 de dezembro de 2014

Guru fez 60 anos!!! E nos deu um presente!!!

Há 5 anos, fui a uma festa de aniversário regada a Beatles, não por DJ, mas por uma banda excelente!! Era a Blackbird!! Foi um show só de sucessos da Beatlemania! Nem precisava de teclado!! Foi magnífico! Cantei todas! Dia seguinte, claro, escrevi e tentei registrar todas as emoções!! Dois anos depois coloquei neste post do blog!!

Notem que o ano mais recente das canções era 1965!

Neste sábado, meu amigo Renato, meu grande guru dos Beatles, completou 60 anos em grande estilo, chamando a mesma banda, só que o repertório foi bem mais variado!!! Começaram fazendo Revolution com direito a chubiduauá e depois seguidinhas Sgt. Peppers Lonely Hearts Club Band com um vocal potente do baterista, With a Little Help From My Friends e Lucy In the Sky With Diamonds, mesma ordem do disco, passou por Nowhere Man com aquelas harmonias vocais que John, Paul e George criaram, por In My Life com direito àquele tecladinho delicioso que no original foi tocado por George Martin, por Eleanor Rigby com um 'quarteto de cordas' no mesmo teclado, por Oh, Darling com aqueles berros maravilhosos do Paul, digo, baterista, por Don't Let Me Down, com teclado igual ao de Billy Preston e teve All you Need Is Love, com direito a AlonsEnfant!!!.... Tudo tudo perfeito, igual às gravações originais. Ponto altíssimo, a suite Harrison, com Here Comes the Sun, com aquelas viradas sensacionais no violão, e teve Something, com aquela bateria e solo magníficos, e While My Guitar Gently Wheeps com a Phsyco Guitar que Eric Clapton gravou no disco original, tocada no detalhe pelo rapaz que nem pensava em nascer em 1968, quando ela foi gravada!! Até levaram a melhor solo de Ringo, Photograh.

Claro que não faltaram aquelas maravilhosas dançantes da época de 62, 63, 64 e começo de 65, que foi conhecido como Beatlemania e teve Love Me Do (com direito a participação sensacional do aniversariante no palco) e teve Help e teve A Hard Days Night e teve Please Please Me e teve Kansas City e teve Roll Over Beethoven e teve Saw Her Standing There e teve All My Loving e teve Should Have Known Better e teve She Loves You, e claro teve Twist and Shout!!!!

Olha, difícil fazer reparos a uma set list dessas!!

E eu?

Bem, paguei mico mais uma vez!!

Cantei todas, dancei, toquei guitarra imaginária nos solos, toquei teclado imaginário em muitos momentos, e bateria então nem se fala!! 

Se fiquei constrangido?


Tô nem aí!!!

Neusa filmou um pouquinho... neste link ... desculpe o desajeito!!!


Recomendo fortemente que conheçam a Blackbird! 

E aproveitem!! 

Eles estarão no Teatro Rival nessa próxima terça, às 19:30. 

Imperdível!!!! 

4 comentários:

  1. Obrigado, Homero. Como eu disse, foi um prazer enorme tocar pra vocês.

    ResponderExcluir
  2. Homerix,

    Muito bom. Não houve desajeito,o importante é se integrar, mexer a carcaça em sintonia ou não com a música, comunicar, curtir, e até mesmo dançar. O resto é firula. Curti o som da canção da Lucy, nome que já motivou até a denominação de fóssil...

    ResponderExcluir
  3. Vou ter que criar uma conta no Face só pra ver esta!!!
    Grazzi

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Homero, muito obrigado pelas suas palavras. Foi um enorme prazer receber amigos fraternos como você, na festa de aniversário, que na verdade se tornou uma grande confraternização.

      Quanto a Blackbird Band, concordo plenamente com você. Fizeram um showzaço que encantos a todos os convidados. Não posso deixar de destacar o profissionalismo e também o carisma da banda, que a difere de todas as bandas cover de Beatles que eu conheço. Parabéns Blackbird Band. Estarei hoje no Rival para assisti-los.

      Renato Quaresma

      Excluir