-

domingo, 9 de maio de 2021

She Came In Through The Bathroom Window, a danada

Esta é a 7ª canção do Lado B do LP Abbey Road

E a 5ª do medley mais famoso da história do Rock

a história do álbum, cenário, assuntos e canções, aqui neste LINK

É uma de 7 canções com história engraçada

                                        as demais 6 canções de mesmo Assunto e Classe, neste LINK

Atenção, canções com títulos em vermelho 

são links que levam a análises sobre elas.

13. She Came In Through The Bathroom Window (Funny Story Song by Paul McCartney)

Paul conta 'Ela entrou pela janela do banheiro protegida por seu berço de ouro mas agora ela chupa seu polegar e vagueia pelos bancos de sua lagoa particular'

Primeira de um sprint de cinco canções de Paul que fecham o fantástico medley de Abbey Road. É recebida por um 'Look out'  de John ao final de Polythene Pam, e vem a abertura acima. A imagem de alguém entrando pela janela do banheiro é de uma grandeza de humor fenomenal. Interpreto como alguém que chegou na vida do sujeito que conta o causo, assim de pára-quedas, pra agitar sua vida. No caso, ela uma dançarina trabalhadora e ele um oficial da polícia. E parece que o movimento foi a expressão da verdade, que uma das Apple Scruffs, que rondavam os Beatles, no estúdio e em suas casas, encontrou uma brecha pela escada de incêndio da residência de Paul, literalmente entrando pela janelinha e inclusive abrindo a porta da frente para as demais... difícil de acreditar. Paul vem 'cantando' essas fãs invasivas desde Fixing A Hole, dois anos antes, em Sgt.Pepper's.
 
 
Outra interpretação rola, por conta do 'protected by a silver spoon' e o 'thucks her thomb' e 'and wanders by the banks of her own lagoon' do primeiro verso e o 'Didn't anybody tell her?' do refrão. Ocorre que a tal 'colher de prata' é equivalente ao nosso 'berço de ouro', então a mulher em questão já teria uma origem rica, e era mimada, porque ainda 'chupava o dedo', o que levaria a dizer que ele se referia a sua esposa Linda, herdeira da família Eastman, e que teria, na ocasião, invadido sua casa trancada por um Paul drogado, enquanto cuidava da filha dela Heather, e que agora ela ficava pensando 'onde é que eu me meti?' reclamando ao telefone com a família nos EUA, e ainda Paul pergunta 'Ninguém contou a ela (onde ela estava se metendo)?' Uau! A imaginação grassa!! Na verdade, deve valer mesmo a versão da fã invasora, há até entrevistas com a pessoa, que se orgulha do ato, tendo ela e amigas levado lembranças da casa do ídolo, o que gerou o "She could steal, but she could not rob" do último verso, ou seja, elas teriam furtado, mas não com violência, além disso, a frase título teria sido ouvida por John, de Paul, numa viagem a New York já em maio de 1968, ainda sem Linda na parada, enfim, Beatles é sempe fonte de muita especulação...  Musicalmente, apenas os quatro Beatles são creditados em seus usuais instrumentos, sendo que John vem num violão de 12 cordas. Ao seu final, entra suavemente Golden Slumbers, para gáudio dos amantes da boa música. 
 
A estrutura original da canção era o famoso verso-refrão-verso-refrão. No Verso 1, há a apresentação da moça, conforme traduzido acima, no refrão, aquele babado que se referiria à Linda, no Verso 2, ele conta que ela contou a ele que era dançarina trabalhando em 15 clubes todo dia. Na versão final, não houve logo a repetição do rerfrao, como fora ensaiado em janeiro, mas sim logo o Verso 3, para diminuir o tamanho da canção por estar em um medley, e só depois viria o refrão final. Esse último verso foi o último a chegar, e a ideia veio de uma outra viagem de Paul a New York, desta vez com Linda e sua filha, quando num táxi a caminho do aeroporto, Paul leu a identificação do motorista, que dizia "Eugene Quits, New York PD", e então criou o "And so I quit the Police Department and got myself a steady job", muito engraçado, e foi a deixa pra rimar com o já mencionado "She could steal, but she could not rob". 
 
SCITTBW foi tentada também no Projeto Get Back,  sendo ensaiada mais de 20 vezes em cinco sessões, com John num piano acústico, depois elétrico, e os demais em sua instrumentos usuais. Mesmo assim, não sentiram firmeza na canção nesse estágio, e ela foi para a prateleira. Quase seis meses depois, e já no último mês de gravação de Abbey Road, ela retornou ao chão de fábrica assoalhado do Estúdio 2 da EMI, rumo à glória de integrar o famoso medley, já colocada na posição 5. Ela integrou a extraordinária sessão de gravaçao de duas canções in tandem, ou seja, em seguidinha, seguindo a filosofia de medley da qual elas faziam parte, seguindo canção de John. 
 
Foi no dia 25 de julho, numa tarde (sim, também começaram cedo!) muito inspirada, quando John e Paul, lideraram, cada um em sua canção, seus companheiros, em 39 takes. Era John no violão, Paul no baixo, George na guitarra solo, e Ringo em sua bateria, então o que se ouve no disco é a reedição do que foi feito em estúdio, apenas melhorado por posteriores operações de edição, mixagem, e overdubs. Após duas horas de discussões sobre arranjo, embrenharam-se em genial sessão de seis horas. Felizmente, um daqueles takes sobreviveu e foi lançado na celebração dos 50 anos de Abbey Road. Veja aqui, nestes LINK1 e LINK2 e sinta-se no estúdio, participando de mais uma memorável sessão de Abbey Road. 

No mesmo dia, de noite, a caminho da madrugada, enquanto Ringo melhorava sua bateria de Polithene Pam, vieram os overdubs iniciais, primeiro do vocal principal de Paul, e Paul melhorando sua linha de baixo e trescentando o piano. Mais três dias e vieram mais overdubs, Ringo acrescentado pandeiro, maracas, algumas palmas, George e John refizeram suas guitarras. Só no dia final dedicado ao medley, 30 de julho, dentre vários acréscimos a várias canções, John, Paul e George harmonizaram os vocais no refrão de SCITTBW.


PRÓXIMA CANÇÃO DO SUPER MEDLEY 

 

Golden Slumbers


4 comentários:

  1. Deliciosa música. Obrigada pelas informações hilárias sobre o significado da letra e sobre de onde ele tirou a inspiração para escrever so I quit the police department.
    Eu aprendi diferença entre furtar e roubar por causa dessa musica. Me lembrei que havia delegacias de furtos e roubos então tinha diferença mesmo. Daí que perguntei a um delegado legal com quem eu me encontrava sempre num barzinho aqui perto de casa. Furto é sem violência. Roubo é com violência.

    ResponderExcluir
  2. Com certeza uma das minhas favoritas do Abbey road !!!

    ResponderExcluir
  3. Muito incrível essa história da “moça que entrou pela janela do banheiro” (_She Came in Through The Bathroom Window_). A inspiração pode ter vindo de uma fã enlouquecida, ou da própria Linda, herdeira milionária da família Eastman, esposa de Paul, que, drogado, trancara a casa toda. Nessas gravações, com duração de dias, havia, da parte de Ringo, o acréscimo de pandeiro, maracas e palmas; do lado de Paul, seu baixo; e as guitarras de George e John. Bom demais para ouvir e imaginar.

    ResponderExcluir
  4. Legal!!! Tinha dificuldades em compreender a letra dessa linda canção
    Thanks

    ResponderExcluir