-

domingo, 28 de fevereiro de 2021

Your Mother Should Know - A mais fofa cena do cinema!

 Esta é a 2ª canção do álbum Magical Mystery Tour

a história do álbum, cenário, assuntos e canções, aqui neste LINK

É uma de 15 canções com Discurso para um Grupo, 

as demais 14 canções de mesmo Assunto e  Classe, neste LINK

Atenção, canções com títulos em vermelho 

são links que levam a análises sobre elas.

5. Your Mother Should Know (Group Speech Song by McCartney)

Paul sugere "Vamos nos levantar e dançar uma canção que foi um sucesso bem antes da sua mãe nascer. Embora ela tenha nascido há tanto, tanto tempo, sua mãe deve conhecer (sua mãe deve...), sua mãe deve conhecer (conhecer...). Cante outra vez!"
Paul sugere às pessoas (O Grupo) que elevem seus corações recordando uma canção da época de suas mães.  A canção está na trilha  do filme Magical Mistery Tour e é cantada no momento mais gracinha e menos psicodélico do filme, numa cena antológica, em que os quatro Beatles descem dançando uma escada em curva enorme e são recebidos por garotas bem trajadas em movimentos coreografados! Vale o vídeo! Até me emocionei ao procurá-lo, para deixá-lo aqui, neste LINK. Resolvi inverter a ordem de meus posts de análise, porque eu tinha que explicar seu título logo. A cena é de sorrir e de chorar, de tão fofinha, de ver como eles eram carismáticos, e talentosos, e amigos, no caso,  como embarcavam (John, George, Ringo) na ideia de um deles (Paul), que fez a música, inventou o filme, e dirigiu a cena, e o fizeram com fervor, com devoção e com classe! Como estavam elegantes os rapazes!! Todos em branco, com fraques e cravos nas lapelas, três vermelhos e um peto, de Paul, o dono da ideia, e também, porque ele estava 'morto', segundo alimentavam os terraplanistas da época. 

 

Vamos voltar ao normal mas .... como? Acostumados que já estão a minhas análises, vocês devem se lembrar do 'Manual Beatle de Composição', onde se diz, como se fosse um mandamento: 'Não repetirás versos, consecutivamente!' Lembrem-se: Em Love Me Do, há versos repetidos, e depois, em Do You Want To Know A Secret, foi a segunda vez, mas aquela foi a ÚLTIMA em que isso aconteceu, e olha que o contador já chega a 83 canções! John, Paul e também George, obedeceram a esse mantra religiosamente! E chega esta singela canção, e Paul vem com 2 PRIMEIROS VERSOS REPETIDOS, seguidinhos, parece que obedecendo fielmente ao “Sing it again!”, depois, um terceiro com mudança de apenas uma linha ("Lift up your hearts and sing me a song" em vez de "Let's all get up and dance to a song"), e finalmente um quarto verso com Da-da-da, entremeados por duas pequenas pontes instrumentais idênticas, sem solo?!!! E todos aceitaram isso? Como?

Resposta, é porque o conjunto da obra suplanta esse pequeno deslize, primeiro porque a mensagem que Paul quis dar foi um alerta contra o conflito geracional, o GRUPO alvo dele eram os mais jovens, para não repudiar a voz da experiência, “Sua mãe deve saber!”, fofo, depois porque o arranjo da canção vem em mais um maravilhoso vaudeville, super-fofo, e finalmente, com a cena do filme, fofa ao cubo, para sempre em nossos corações! Exceção absolutamente perdoada!!

Os primeiros takes foram gravados fora da EMI, então reservada a outras gravações, no Chapell Studios, em dois dias, tendo uma base, com Paul no piano, George na guitarra base e Ringo na bateria, John ficou assistindo, ou pode ser até que não estivesse presente, mas no segundo dia, ele estava e fez com George e Paul os maravilhosos vocais de apoio, tanto da introdução "UUUuuu-UUUuuu" como os  “Your mother should..” e depois “knooow”, dos versos, em resposta ao vocal principal de Paul, também feito naquele dia, e ainda dobrado. Nota triste, aquela foi a última sessão a que o empresário Brian Epstein esteve presente, quatro dias antes de ser encontrado morto em seu apartamento, por overdose de remédios e álcool, em 27 de agosto de 1967. De volta à EMI, entretanto, três semanas depois da segunda sessão, Paul decidiu começar quase tudo do zero, mantendo apenas os vocais gravados no estúdio Chappell, e testemunhados por Epstein, quase uma homenagem! Nova base foi preparada, com Paul fazendo um guia vocal e tocando um harmônio, John num piano jangle (modificado pra dar um som metálico), George num atabaque, e Ringo na bateria. E 10 dias depois, Paul acrescentou sua linha de baixo, John mais  piano, George mais guitarra e Ringo, um pandeiro. Reparem que a aparente monotonia lírica é compensada por mudança no número de compassos e variações nos instrumentos, com Paul variando sua linha de baixo a cada verso, o mesmo fazendo Ringo com sua bateria, e os vocais passeando de um ouvido ao outro a cada verso, se você ouve em estéreo, e isso sem contar com um tambura indiano ao final, provavelmente de George!

A cena em que ouvimos Your Mother Should Know no filme é absolutamente encantadora. E também foi responsável pela maior parte do orçamento, por causa do cenário, aquela magnífica escada em S que teve que ser construída, num enorme galpão alugado, e a contratação e os ensaios de 160 dançarinos e mais 24 cadetes femininas para marchar e entregar um buquet a Paul. Ver um John Lennon sorridente, dançando e curtindo o momento, é simplesmente emocionante, deixo até o LINK aqui de novo pra você curtir esse momento!


Um comentário:

  1. Sim sim sim...Fofa demais em tudo. Outro dia ía uma amiga me mandou um link por causa disso. " Virginia, você vai amar ver essa dancinha deles..." Não sabia que eu já conhecia. E adorei ela se lembrar de mim para rever. Fiquei muito grata mesmo porque é sempre bom rever.
    Agora...que bacana saber que John também gostou. Você deve connhecer aquela entrevsta que ele deu em outubro de 80. Está no you tube. É um video muito doido cheio de sons que seriam usados num flme. Guerra nas Estrelas? Acho que sim. Pois e, John fala sobre o filme. E fala com muito carinho...De como ele filmou seu sonho. E de como ele adorou dançar descendo a escada ao som de Your Mother Should Know! Não tem preço ouvir isso vindo dele. Diante de tanta gente gritando sempre que ele criticava as granny songs de Paul isso mostra que não era bem assim. Ele até gostava. E além disso Paul não devia se importar porque era assunmido na própria Letra! Uma musica que foi composta antes de sua mãe nascer! Portanto era da vovo mesmo, e daí? Muito linda, tudo fofíssimo. Ao cubo, como você disse. Obrigada por mais um texto da maior importancia para a História dos Beatles.

    ResponderExcluir