-

terça-feira, 28 de julho de 2020

The Blue Caps never were so blue....

Não, eu não me enganei no adjetivo.

Sim, 'blue' em inglês significa, além de 'azul', também 'triste'!

Sim, eles e nós estamos muito tristes...

Sim, morreu Renato Barros, o fundador e líder, por 61 anos, da banda de Rock & Roll em atividade mais longeva da história.

Sim, estavam em atividade, com shows marcados para estes meses de pandemia. 

Será que A BANDA Renato e Seus Blue Caps também morreu? Será que os membros remanescentes, incluindo o grande Cid Chaves, que está fiel à banda desde que nela entrou, em 1964, se animarão a continuar o legado, sem a presença, o punch, a pegada, a paixão do grande mentor e líder, por sua obra? Tomara que sim. E assim seguirá sendo homenageada sua obra pioneira, que começou antes da Jovem Guarda, que estourou com as versões dos Beatles, mas sempre teve produção própria de qualidade e sucesso, que passou por várias formações, que sofreu algumas rasteiras cambaleantes, mas sempre revigorou, que ganhou prêmios por todo o canto,  com admiradores por todo o Brasil, por sua obra e por seu talento na guitarra.

Sim, eu estive no último show dele aqui no Rio, perfeito!

Sim, eu escrevi sobre o grande show, neste post, que despertou o interesse de sua Fã N.1, Lucinha Zanettil, que a publicou no site oficial! Ela estava acabando de escrever a biografia do ídolo!!!

Sim, claro, comprei quando ficou disponível, Renato Barros - Um Mito -  Uma Lenda, e li fervorosamente, vi as homenagens a seus pais, o início dos Bacaninhas do Rock da Piedade, no subúrbio do Rio, com dois irmãos, o relacionamento com Carlos Imperial,  a criação dos Blue Caps, alguns causos fenomenais, os primeiros instrumentos mais decentes comprados em São Paulo,  a história de suas versões, a presença de Erasmo Carlos, a chegada de Cid Chaves (irmão, a gente não escolhe, amigo, sim), a saída de seus irmãos (e voltas, e saídas, em busca de dinheiro, mas sempre com um porto seguro lá), a participação na Jovem Guarda, suas composições para Roberto Carlos, que rendiam um automóvel, até uma casa, a incrível história da casa-pra-mãe que foi trocada por uma Lotus, que foi destruída pouco tempo depois, suas composições para Jerry Adriani, The Fevers, Leno e Lílian, e até Reginaldo Rossi, e outros menos cotados, que chegaram a 90, além de suas 60 composições para sua própria banda, de seu trabalho assalariado pomo Produtor da CBS, do carrão que ganhou do presidente da gravadora por ter sido o maior vendedor do ano, de seu relacionamento com Raul Seixas (que também era produtor assalariado, vê se pode!), da Lei da Insequapabilidade, e não se pode esquecer de 'Esqueça' que vendeu 2 milhões de cópias, 30 anos depois do lançamento, tudo muito, muito interessante! 

Sim, Escrevi sobre tudo isso neste post

Não, Renato não morreu de Coronavírus, sim de complicações de uma cirurgia dificílima na aorta, até que estava se recuperando aos poucos, mas seus pulmões eram fracos.

Sim, ele fumava muito!!

Meus sentimentos sinceros para a família, mas também para Lucinha, que dedicou boa parte de seu tempo a esse homem, administrando seus sites, escrevendo e divulgando sua biografia. Decerto, ela está sentindo um enorme vazio!

E meus sentimentos a todos nós, e à música brasileira, que perdemos uma referência de Rock e qualidade

R.I.P. my idol!!!

19 comentários:

  1. Excelente homenagem ao Renato, parabéns!!!
    Manoel

    ResponderExcluir
  2. Pô Homerix, você está em todas! Bela homenagem!

    ResponderExcluir
  3. Além de ser fã no início da minha vida como músico, a inspiração foram sempre as músicas de Renato e seus Blue Caps. Parabéns pela homenagem

    ResponderExcluir
  4. Poxa, meu grande amigo Homero, que linda homenagem vc postou, fazendo jus ao inesquecível Renato Barros, que tanta alegria trouxe pra tanta gente. Estou triste... 🙏 Osmar.

    ResponderExcluir
  5. Renato fez parte da minha adolescência,foi minha inspiração como músico, vá em paz e que Deus te acolha e abençoe,meus sentimentos a seus amigos e familiares!

    ResponderExcluir
  6. Maravilha. Tua crónica, perfeita, e a incrivel e produtiva trajetoria de Renato Barros. Parabens!!!

    ResponderExcluir
  7. Estou sem chão desde que recebi a notícia.Estou me esforçando para assimilar mas tá muito difícil.E eu sou apenas mais uma fã do Renato.

    ResponderExcluir
  8. Bela homenagem! Conheci os Beatles graças ao Renato e seus bonés azuis, tenho 54 anos e quando criança a música que me alucinava era Menina Linda! Esteja com Deus meu amigo!

    ResponderExcluir
  9. Franklin Alencar Silva29 de julho de 2020 17:07

    Excelente homenagem parabéns e sem dúvida ele já está fazendo muita falta, parabéns pela homenagem

    ResponderExcluir
  10. Renato e seus Blue Caos fez parte de nossa geração roqueira, nas cores verde e amarela. Nossa solidariedade à família e amigos. Como sempre Homero você sempre reconhecendo e contribuindo para que também nós nos juntemos ao reconhecimento. Julius

    ResponderExcluir
  11. Miguel Ferreira de Barros29 de julho de 2020 17:08

    Grande homenagem, com os pingos nos is, disse tudo. O vínculo desta duas bandas (The Beatles) e Renato, no Brasil, estão visceralmente atados. Foi o Rock cantado em nossa língua para a nossa diversão nos salões, bailes...

    ResponderExcluir
  12. Conheci os Beatles por causa do Renato e seus blue caps

    ResponderExcluir
  13. Manuel Antonio Paes de Oliveira29 de julho de 2020 17:13

    Bela homenagem, sincera e verdadeira

    ResponderExcluir
  14. Marco Aurélio Carvalho Rocha29 de julho de 2020 17:14

    Músico e ser humano de primeiríssima qualidade, que seja protegido e abençoado na sua nova morada!

    ResponderExcluir
  15. Que texto lindo!!! Descanse e paz querido Renato, homem da música, jamais será esquecido!!�� Lucinha Zanetti imagino como está sendo dificil pra você esse momento. Deus lhe conforte . Seu trabalho junto ao Renato e RSBC, sempre foi maravilhoso. Vc nos deixou um presente único, eterno: O livro de sua autoria, sobre Renato Barros. Obrigada por tudo

    ResponderExcluir
  16. Grande perda.....p.cezar assume vai ser uma grande homenagem ao mano

    ResponderExcluir
  17. Bela homenagem ao talentoso Renato que embalou minha juventude com sua maravilhosa banda. Vou compra a biografia dele. Abraços.

    ResponderExcluir