-

terça-feira, 21 de julho de 2020

O melhor disco dos Beatles ....

Ah, os bons tempos em que as pessoas comentavam...

Enquete | Qual é o seu álbum favorito dos Beatles?Há 11 anos, quando celebrei "Abbey Road" quarentão, declarando-o como 'O Melhor Disco dos Beatles', recebi dezenas de comentários, concordando ou não.

Dentre as respostas que recebi, ao anúncio de que Abbey Road é quarentão, 

obtive a melhor definição para a escolha do melhor disco deles. 

O melhor disco dos Beatles ....
.... é aquele que a gente está ouvindo no momento!!!

Mas vamos lá, qual seria?

Dificilmente alguém elegerá "With The Beatles" ou "Beatles for Sale" por serem lançamentos para aproveitar a fama, e ainda cheios de covers, apesar de todos ótimos!

E nem "Magical Mistery Tour", por ser um mix de canções da trilha sonora do filme,  no Lado A, com relançamentos de compactos da época, no Lado B.

E nem "Yellow Submarine", por ter muitas canções clássicas de George Martin, feitas para a trilha do filme, lindas, mas não Beatle Songs!!


  • "Please, Please Me", por ser o primeiro?
  • "A Hard Day's Night", por ser o único com canções apenas de Lennon/McCartney?
  • "HELP", a grande trilha sonora e ótimos 'fillers'? 
  • "Rubber Soul", o primeiro da pós-Beatlemania?
  • "Revolver", o começo da revolução musical?
  • "Sgt. Pepper's Lonely HeartsClub Band", a revolução itself?
  • "The Beatles", ou Álbum Branco, o único álbum duplo da carreira?
  • "Abbey Road", o último álbum gravado pelos Beatles
  • "Le It Be", o último álbum lançado pelos Beatles

Realmente, é difícil!

Transcrevo abaixo algumas das respostas. 

Notei que há uma certa predileção por Rubber Soul, que eu também adoro, ainda vou escrever sobre ele, mas continuo com Abbey Road , pois eles estavam no ápice de suas competências!

Um deles já comprou os novos, outros perguntaram pela sua qualidade, que ouvi ser magnífica, na opinião de alguns amigos

Abraço
Homero Dando Parabéns Ventura


_____________________________________________________________________

Oi Homero
parabéns pela sua "opinião", gostei muito.encaminhei para alguns amigos.
well, como é "opinião", creio que esteja aberto a réplicas,portanto, lá vai:
o melhor disco dos Beatles é aquele que a gente está ouvindo no momento, porém tenho uma tremenda queda por "Rubber Soul"
______________________________________________________________

Marvelous testimony !!
______________________________________________________________

Obrigado, Homerão. O meu preferido é Rubber Soul. Mas eu sou mais velho,né? Um abraço,
______________________________________________________________

Espero que o "the last" se refira apenas ao disco e não às suas crônicas sobre os Beatles.
A propósito, já conseguiu o Stereo Box?
sds.
______________________________________________________________

Homero V:Você me convenceu. Comprei pela internet, na Saraiva, sua indicação e mais A hard Day's Night-Remasters, Beatles for sale-Remasters e The Beatles-White Album-Remasters. Gostaria de sua crítica sobre os outros 3. Não sou beatlmaníaco, quando os Beatles faziam sucesso, eu tinha preconceitos contra, mas depois de algumas décadas pude apreciar a música deles sem as manias da juventude...Sds,
______________________________________________________________

Excelentes comentários. Outro dia eu ouvi o Anthology 3.
Me disseram que essas remasterizações são um "show de bola", inclusive o Abbey Road. 
Há quem diga que você consegue ouvir coisas que não havia escutados antes!
Abração,
______________________________________________________________

Difícil eleger o melhor lançamento dos Beatles, mas tendo Something, Because (como eu gosto dessa música !), The End e Here Comes The Sun no mesmo disco, você deve estar certo. abs,
______________________________________________________________

Ótimo artigo, digno dos melhores críticos internacionais. Concordo com tudo: melhor disco (disparado) e as grandes referências aos eternos hinos (para mim) Something, Because e, principalmente, Here Comes The Sun, que é a musica que, ao ouvi-la, eu sempre me vejo saindo em férias, numa estrada ensolarada, à beira-mar, mesmo que eu esteja no meio de um engarrafamento na Paulista. É o meu maior ícone da palavra LIBERDADE.
Parabéns pelo artigo
______________________________________________________________

Excelente, Homero!
Cresci com minha mãe Beatlemaníaca e, por osmose, acabei curtindo os mesmos clássicos, mas obviamente sem tanta informação.
Obrigado pelo artigo!!!
Me mantenha no mailing list!
Abraço,
______________________________________________________________

Caríssimo Homero,
Muito obrigado por alegrar assim uma manhã cinzenta de uma sexta-feira convencional. Viva os Beatles!     E eu, que não sou beatlemaníaco, não pude resistir a seu texto. Terminei de lê-lo e fui direto encomendar a versão remasterizada de Abbey Road.
Um grande abraço.
______________________________________________________________

Menino! Que beleza de artigo. Sugiro que o envie para O GLOBO e para o JB. Fantástico.PARABÉNS! Grande abraço,
______________________________________________________________

Grande Homero,
Parabéns pelo seu ensaio. Muito inspirado. E essa nova versão, tem algo de diferente na mixagem?
Abraços,
______________________________________________________________

Homero,
Muito bom! Este artigo deveria ser publicado em uma revista.Com a devida "venia" vou repassar a alguns amigos.
Há algum tempo, estava para comentar contigo que o fã clube dos Beatles aqui no México é muito grande. Na rádio Universal FM 92.1, todas as manhãs de 8 às 9 (hora México) tem um programa totalmente dedicado aos Beatles, com muita música, casos, curiosidades e histórias. 
Vale a pena conferir. 
SDS 
______________________________________________________________

Grande Homero,
Que seria de nós sem você? Obrigado por todos os textos (mesmo os não comentados), and keep'em coming!
Que versão nova é essa?
Grande abraço 
____________________________________

É mesmo lindo demais, Homero. Sabe que não tenho Abbey Road? Me deu até vontade de comprar a nova versão hoje ou agora. As músicas são maravilhosas. Só não sabia que a sua beatlemania vem desde os 7 anos. É fidelidade completa. Agora, eles merecem. Ou a gente merece.
______________________________________________________________

Homero, Belo texto. O Abbey Road também é o meu favorito justamente pelo Lado B. Genial, não?
Acrescento o detalhe de que em Carry That Weight  há um retorno ao tema de  You never give me your money. Esse recurso ficou ótimo no disco e também foi utilizado anos depois pelo Chico Buarque no disco Construção (também ótimo), quando ele começa o disco com a canção Deus Lhe Pague depois, na quarta do disco, ele manda a famosa Construção/Deus Lhe Pague... belíssimo.
Deixo um grande abraço para você. Vou ouvir o AR novamente hoje.
______________________________________________________________

Homero, Tomei a liberdade de enviar seu artigo para a minha amiga jornalista, do Portal Visto Livre, http://www.vistolivre.com/site/Caso concorde com a publicação do seu texto, favor dar um retorno para ela. Abs, 
______________________________________________________________

Adorei o texto, Homero! Por coincidência, uma amiga, recentemente, enviou um vídeo de Because (desses do Youtube), com o seguinte texto:  "Queria compartilhar c vcs esta música dos Beatles, não há como não se emocionar ao ouvi-la. Because é a sonata de Beethoven de trás para frente. Esta canção é sobre Yoko e Jonh Lennon. Yoko estava tocando uma sonata de Beethoven e Jonh sugeriu que tocasse de trás para frente. Na verdade, é a Sonata ao Luar ao contrário. Junto com uma letra simples, John conseguiu uma das mais belas músicas."
Pelo jeito, mais uma tarada por Beatles! hehe
Bom final de semana!
______________________________________________________________

Homero,
Obrigada pelo texto, um verdadeiro presente!
Sds,
______________________________________________________________

Homero. 
Muito boa a sua resenha, como sempre. A você que é mais beatlemaníaco que eu, queria fazer algumas perguntas, em observação ao que você escreveu:
1) Pelo que você escreveu, fica bem claro que é partidário dos que consideram que a parceria de Paul e John era só marketing, ou um acordo estratégico por algum outro motivo, mas na verdade as músicas eram só de um ou só de outro; na verdade seria muito fácil descobrir quem era o verdadeiro compositor: quem cantava. Estou certo que essa é a sua opinião?
2) Se a pergunta acima tem resposta afirmativa, você acha que durante algum tempo eles tiveram uma parceria de fato? Até que época ou até que música? Há músicas que você acha que foram genuinamente compostas pelos dois?
3) Em que música há o tal duelo de guitarras solo entre Paul, George e John?
4) Ainda não comprei nenhum disco relançado por eles, mas você notou diferenças significativas na sonoridade?
Um abraço e bom final de semana!
______________________________________________________________

Obrigado Homero Beatlemaniac Forever Ventura,
Que poesia, sem perder a prosa!
Os quatro merecem!
Mais uma vez, obrigado!

Nenhum comentário:

Postar um comentário