-

sexta-feira, 1 de julho de 2011

Projeto 'Um Pouco de AwOL'


Quando estive fora, em maio de 2011, em viagem a trabalho/férias, tive uma idéia para manter ativo o blog, ou ao menos aqueles que recebem meus teasers. É que a viagem foi para os Estados Unidos, então me lembrei de um projeto que comecei há três anos e ficara inconclusivo e divulgado a poucos.
AWoL é como resumi o projeto, em sigla, American Way of Life.
Naquela ocasião havia voltado de uma viagem a Houston, Texas, onde vivera durante quatro anos, e pude observar de novo, mesmo em poucos dias, os hábitos, costumes, vícios, idiossincrasias, educação, além de um pouco do fingimento e preconceito, mas, acima de tudo, a qualidade do modo de vida americano, que eu aprendi a admirar, na pele. Aí comecei a discorrer por diversos temas, onde fui coletando, ou em minha memória, ou em depoimentos de amigos que viveram a mesma experiência, algumas curiosidades a se admirar ou criticar.
São vários os quesitos, seja para o bem ou para o mal. A cada momento, percebe-se o jeito especial de o americano ser e viver, desde que lá se põe o pé, a começar da amistosidade do ‘simpático’ agente da imigração, perguntando o que é que a gente vem fazer neste grande país, sendo aí a primeira vez, no caso dos petroleiros, em que se ouve a pergunta “Petro.. what?” e pensando “O que querem aqui esses fabricantes de sutiãs de petróleo?”, e finalmente carimbando, a contragosto, a data em que o Tio Sam quer se ver livre de nós, de preferência antes.
Enfim, fui liberando, paulatinamente, em doses home(r)opáticas, os temas que coletei.
Veja bem que o nome do Projeto foi Um Pouco de AwoL. Portanto, não pretendi, nem conseguiria esgotar o assunto de cada um dos temas. Às vezes, o texto foi curtinho, de dois parágrafos, outras, mais completinho. 

Este é um trabalho on-going, e propus ao leitor: aceitaria de bom grado, sugestões para acrescentar (ou mesmo cortar, afinal posso falar bobagens) qualquer historinha que o(a) amigo(a) ivesse em seu colete, proveniente de experiências passadas, ou mesmo ouvidas. E mesmo ainda, outro tema não discutido, acrescentaria de bom grado! Adaptaria então o texto ao meu estilo e colocaria no bojo do projeto.

Eis todos os capítulos publicados. Há links para eles, clicando em seus nomes.

1. Houston, a semente!
2. O Transporte
3. Aos infratores, a lei! - Transporte 2
4. Houston x NY - Mais transporte...
5. Segurança a toda prova
6. Feriados diferentes
7. Os Estados são o Estado
8. Falando sobre Alimentação 
9. Comendo fora
10. Educação a toda prova
11. Lá tem até americano
12. You do it yourself
13. Puritanismo, Religião, Política, Solidariedade  
14. Cuidados no Trabalho
15. Leis no Trabalho  
16. O Consumo e o Medo 
17. A Transação e a Relação  
18. Ensino Público em Todo Lugar 
19. Ensino Público Para Todas as Raças
20. Ensino Público Extra-Curricular 
21. O Desperdício Sagra 
22. Crédito sem Crédito
23. Ignorância Exterior Explícita

    
Acredito que os capítulos tiveram uma média inferior a 100 visualizações. Começou melhor, e depois foi perdendo a força, mas considero bom um total próximo de 3.500 acessos. Em termos de comentários, foram perto de 80 como um todo, para os 23 capítulos. Algumas críticas, algumas sugestões, uns poucos elogios. Além, é claro, dos elogios de corredor, daqueles que gostam mas não escrevem, então não se registra. Enfim,  fiquei feliz com o resultado. Espero que tenham gostado!

E, claro, nunca é tarde para comentar, sugerir, criticar. Os capítulos estão aí, na lista de cima, cada nome é um link. Sempre que quiser, e achar merecedor, manda bala!!

Grande Abraço

Homerix Acabando o Projeto Ventura

17 comentários:

  1. Caro Homero,

    Uma sugestão de tema para vc.: discriminação do negro com o branco e do latino com o americano.
    Duas passagens para seu registro, uma foi num supermercado em New Orleans onde Eu e minha esposa fomos discriminados pela atendente negra, a ponto do gerente vir pedir desculpa.

    Outra foi em Houston com uns amigos que estavam participando de uma auditoria de SMS na refinaria e se perderam no caminho, os dois brasileiros paravam para solicitar orientação e pouca atenção era dada, quando o colega boliviano resolveu perguntar em espanhol o tratamento mudou totalmente para muito melhor, observei isso também nas lojas, éramos melhores atendidos quando esse colega falava diretamente com os vendedores em espanhol.
    Abraco,
    Igrejas

    ResponderExcluir
  2. É este o desafio que lhe foi lançado Homerix...

    ResponderExcluir
  3. Parabéns pela excelente qualidade do AWoL. Pena que acabou.

    Você chegou a escrever sobre o comportamento e a abordagem da polícia americana? Ela me parece truculenta.

    ResponderExcluir
  4. Caro, Fábio, você foi um que sempre incentivou ao projeto, mesmo não comentando no blog. nas registrei no coração suas mensagens.

    Obrigado!

    Sobre o tema sugerido, o problema é que restringi os 'causos' àqueles que aconteceram comigo ou com amigos que me contaram. Felizmente, nenhum de nós foi vítima da truculência gringa.

    Abraço

    ResponderExcluir
  5. Homero,
    Parabens pelo fim deste belo projeto.
    Gostaria de lhe sugerir um novo projeto filhote deste: que tal transformar esta coletênea de artigos / posts em livro?
    Isso mesmo! Livro de papel, encadernado, para ser folheado e vendido na Saraiva, Travessa, Siciliano, etc.
    Ou livro digital, para ser baixado da Saraiva ou da Amazon.
    Afinal, você já tem o material. Talvez precise um pouquinho de revisão e uma ou outra ilustração a mais.
    Abraço e Parabéns!

    ResponderExcluir
  6. Homero, gostei da ideia do Fernando Nagle, de você publicar a série AWOL. Vai ser um sucesso e, quem sabe, o primeiro de tantos outros livros que você ainda virá a publicar.abs

    ResponderExcluir
  7. 28.280...
    Ahh já li e fiz um comentário telegráfico.
    Paulus

    ResponderExcluir
  8. Nossa!!!
    ta famoso!!
    parabens
    por tantos acessos!!
    um abraço da
    lady dell

    ResponderExcluir
  9. Meu mano

    Tem o meu caso com a policia americana no dia da morte da Nidia lembra?? ... " you don't look like a disabled person to me".... " you don't look like a doctor to me " rsrsrsrs

    ResponderExcluir
  10. 129.968...ainda não!!!já comentado em 03 de Julho de 2011 19:21.
    Paulus

    ResponderExcluir
  11. Homero, eu adorei o AWOL. Até mesmo enviei o atalho para meu pai também ler. Ele é um daqueles muitos que nutrem um certo preconceito em relação aos americanos e seu AWOL foi bem interessante para ele.

    ResponderExcluir
  12. Homerix, como vivi nos Estados Unidos, trabalhei em duas multinacionais americanas e tenho uma filha que lá mora há 14 anos (com meus dois netinhos californianos) tenho "ene" histórias, desde percalços com a imigração (uma vez não me quiseram deixar entrar porque eu não me lembrava do endereço) até palestras que dei em universidades lá. Só uma observação: AWOL é a sigla das forças armadas americanas para DESERTOR (Absent WithOut Leave). Não creio que tenha sido intencional...

    ResponderExcluir
  13. Uma sugestão para mais um capítulo da série/saga AWoL: "Texas Stile". Assim como na série você mostra asas diversas diferenças e curiosidades culturais dos americanos em relação ao que eles chamam de RoW (rest of the world), o Texas e os texanos tem muitas diferenças em relação aos USA.
    A começar pela própria história (6 flags...).
    Como você morou lá um bom tempo, acho que deve ter bom material.
    Mãos à obra!

    ResponderExcluir
  14. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir