-

quarta-feira, 2 de março de 2011

Oscar 2011

No Oscar de 2009, o meu filme preferido foi o melhor filme do ano.
      Escrevi sobre a festa em: 
http://blogdohomerix.blogspot.com/2009/02/e-o-oscar-vai-para-slumdog-millionaire.html

No Oscar de 2010, os meus filmes preferidos eram AVATAR  e Bastardos Inglórios
      Ambos foram preteridos.
      Escrevi sobre a festa em:
http://blogdohomerix.blogspot.com/2010/03/aviuvatar.html

No Oscar de 2011, o meu filme preferido era A Origem, mas eu sabia que não ganharia, pois seu diretor Christopher Nolan não foi indicado ao Oscar de Melhor Diretor. Felizmente, 'tirante' a genial obra de Nolan, meu favorito era 'O Discurso do Rei', que levou as principais estatuetas, Filme, Diretor, Ator e Roteiro Original.

'A Origem' levou os Oscars técnicos de Efeitos especiais, Mixagem de som, Edição de som e Fotografia.

E olha só que ironia: sinceridade, será que existe Roteiro Original mais original que o roteiro original de 'A Origem' com sua idéia absolutamente original?  Este, realmente eu pensava que iria para o genial Nolan, até como uma forma de compensação pela não indicação a Melhor Diretor. Se fosse para ele, 'A Origem' ficaria com 5 Oscars, contra 3 de 'O Discurso do Rei', que o acabou levando. E 'A Origem' seria o grande vencedor da noite.

Deve ter pesado na decisão da Academia o fato de o roteirista David Seidler ser 'o-mais-velho-ganhador-de-Oscar-de-Roteiro-Original-da-história-do-Oscar', fato que foi ressaltado pelo velho roteirista com grande classe, desejando que ele mesmo batesse esse recorde over-and-over-and-over...


Aliás, 'O Discurso do Rei' teve, apropriadamente ao posto, os melhores discursos de aceitação, todos saindo dos meros agradecimentos de praxe. O Diretor Tom Hooper, por exemplo, concluiu aconselhando que todos dessem ouvido a suas mães, já que foi ela quem disse a ele que dirigisse esse filme, após assistir a uma peça sobre o tema da gagueira do Rei George VI. O produtor Iain Canning, ao receber o Oscar de Melhor Filme, agradeceu aos atores Colin, Geoffrey e Helen por terem dito 'Sim', mas o que ficou marcante foi seu agradecimento ao namorado Ben!

https://lh5.googleusercontent.com/-9HbChGB5m50/TWyFMk5OYJI/AAAAAAAARW4/R3X_04lp1Qs/s1600/colin_firth_oscar_2011.JPGO melhor discurso da noite foi o Discurso do Rei, na verdade, de Colin Firth, o Melhor Ator do ano. Ele esteve perfeito ao receber o prêmio, e mostrou que o tratamento da gagueira, mais de 70 anos antes, permanece em efeito. Seu discurso foi britanicamente humorado, elegante, eloquente, e ele estava calmo, apesar de declarar que suas vísceras lhe pregavam peças. Vale a pena ver, ouvir e ler seu 'acceptance speech'.

 

https://lh3.googleusercontent.com/-QosyqLqjZLg/TWyFKoAkTxI/AAAAAAAARWs/D6PO5U0WsAw/s1600/natalie_portman_oscar_2011.jpg'Cisne Negro', que nem de longe era meu preferido, ficou apenas com o merecidíssimo Oscar de Melhor Atriz, para Natalie Portman, que recebeu o prêmio ostentando uma barriguinha. Em seu agradecimento, declarou estar vivendo o seu melhor papel, o de mãe. Ela não vestia Dior, apesar de ser garota-propaganda da griffe, em protesto contra declarações racistas e antissemitas de Galliano, um de seus estilistas. Bem, 'Cisne Negro' deve se tar em receber o Oscarix (o Oscar do Homerix), por ter conseguido um total de 250 visualizações de página, contra menos de 120 de 'O Discurso do Rei' (HeHeHe).
 
 
Melhor fez 'O Vencedor', do qual eu gostei sobremaneira, ao levar duas estatuetas para casa, ambas por desempenho coadjuvante. A do já premiadíssimo e não-tem-pra-ninguém Christian Bale era mais-que-esperada, e uma das razões estava presente no Kodak Theatre: sua imagem. nem parecem ser a mesma pessoa, o raquítico, debilitado e imberbe personagem e o musculoso, atlético e barbudo ator. Já a vencedora feminina Melissa Leo, que fez o papel de mãe dos lutadores do filme, levou o Oscar, mas não meu coração, que ficou com a garotinha de 'Bravura Indômita'.
 
 
A cerimônia? Foi morna. Anne Hattaway estiveram corretos mas não arrebatadores. Cumpriram o 'script'sem muita improvisação, se esforçaram, ela trocou de roupa 6 vezes, James franco ficou ótimo de Marilyn Monroe, mas só. Sinceramente, deu saudades de Hugh Jackman, de 2009, e do par Alec Baldwin / Steve Martin, de 2010.

https://lh5.googleusercontent.com/-bs1IuZJ2Mto/TWvr_DmVoyI/AAAAAAAAARI/yBS-2St0bSQ/s1600/o-discurso-do-rei-Colin+Firth-oscar-2011.jpgNa abertura, o já tradicional video-montagem em que os dois apresentadores se imiscuem nas cenas dos filem candidatos o melhor Filme, foi perfeito. Seu ponto alto foi a declaração de Hattaway como Rainha Mãe, em frente ao enorme microfone e a milhares de súditos em Wembley: 'I have good news for you. In the future, microphones will be smaller!!', para riso geral.


Dois grandes momentos:
  1. O anúncio dos 10 filmes candidatos, que precedia a declaração do vencedor, feita por Steven Spielberg, foi sob a voz do Rei Geoge VI. Pois é, seu tocante discurso final, de anúncio da declaração de guerra à Alemanha, feito ao povo britânico, ia sendo pontuado por imagens dos 10 filmes, que retratavam exatamente o que o Rei falava. Espetacular;
  2. A presença de Kirk Douglas, do alto de seus 94 anos, para entregar o oscar de Melhor Atriz Coadjuvante. Um show! Fez galanteios (ele deve ser um pouco culpado pela sexomania do filho Michael), brincou com os atores da platéia, fez brincadeira com sua bengala, demorôôô pra dizer a vencedora, antes reclamando que concorreu três vezes e não ganhou nenhuma, enfim, arrebatou a plateÉia.

Abaixo, a lista dos 10 candidatos a Melhor Filme (com links para críticas minhas) e seus prêmios:



      4 Oscars: Filme, Diretor, Ator, Roteiro original

2. A Origem (link) 

      4 Oscars: Efeitos especiais, Mixagem de som, Edição de som, Fotografia

3. A Rede Social (link)
      3 Oscars: Roteiro sdaptado,Trilha sonora, Montagem  

4. O Vencedor(link) 
      2 Oscars: Ator coadjuvante, Atriz coadjuvante 

5. Toy Story 3 
      2 Oscars: Animação, Canção Original 

6. Cisne Negro(link) 
      1 Oscar: Atriz) 
 
7. Bravura Indômita(link)



Abraço

Homero Chega de Oscar Ventura