-

segunda-feira, 20 de fevereiro de 2012

Margaret Streep



O que foi aquilo que eu vi no cinema?

Meryl Streep dá um show na pele de Margaret Thatcher, no filme A Dama de Ferro!

Mais um show, aliás, fazendo jus ao posto de atriz que mais PERDEU Oscars na história do cinema. Sim, isso mesmo! Ela foi indicada 17 vezes ao Oscar de Melhor Atriz (sendo 3 como coadjuvante) desde
O Franco Atirador em 1978, sua primeira indicação). E ganhou APENAS 2. Então, na boa, ela perdeu 15 Oscars, sem dúvida, um recorde!! Imbatível!! Até mesmo porque dificilmente um outro ser humano conseguirá desempenhar de maneira tão consistente ao longo de 34 anos de carreira a ponto de ser indicado como um dos melhores de sua área, ano sim, ano não. Ser O melhor, ou seja, ganhar o Oscar, pode ser uma questão até política. Meryl Streep não existe! E em todas as vezes nos brinda com atuações sensacionais, como quando encarnou o diabo vestindo Prada... E mesmo quando não é indicada, ela dá show, como em Simplesmente Complicado e Mama Mia, quando descobrimos tratar-se de uma ótima cantora. Artista completa!!!

Escolheram uma forma interessante de contar a história da Dama de Ferro  como se fossem as memórias dela hoje, representada por uma Meryl Streep perfeitamente envelhecida (aliás, como é que se faz aquele pescoço?! Só ele merece um Oscar de maquiagem).  Aí, talvez não saibamos se está igualzinho à velha senhora de hoje que está firme, mas luta contra a demência há 10 anos, afinal não a conhecemos. Mas a interpretação dela em seu auge no poder, que pudemos testemunhar em vários momentos da década de 1980, duarante os quase 12 anos em que foi a mulher mais poderosa do mundo, ah essa está perfeita! Posso apostar que Margaret disse exatamente aquele 'Sink it', quando decidiu pelo afundamento do navio argentino.

E como é bom presenciar cenas do Parlamento Britânico, uma tradição multissecular, Conservadores de um lado, Trabalhistas do outro, sentados apertadinhos em bancadas acolchoadas em forma de estádio. Um se levantando com sua pastinha e se dirigindo ao púlpito de seu lado, o apoio de seus correligionários grita 'Yeah, Yeah', depois fechando a pastinha e sentando-se para ouvir a outra parte fazer a mesma coisa, e todos ouvindo o mestre de cerimônias gritando 'Order, Order', quando os ânimos se exaltam. Demais!!!

Se Mery Streep vai ganhar, isso é com os membros da Academia, mas que merece, merece. Mesmo sem ter visto nenhuma das outras concorrentes, desta vez, ela leva: foram 18 as indicações deste ano por seu papel. Não tem pra ninguém!!!

Homerix Oscarizando Ventura