-

quinta-feira, 5 de março de 2020

História difícil de mudar!!

Então, instigado por um grupo do Facebook, contei as vezes em que nomes de homens eram mencionados, encontrei 24, os outros mais 21. 

Vejam aqui neste link a história da missão aceita e cumprida!

Então, um total de 45 masculinos foram mencionados.

Aí me deu na telha de fazer o mesmo com os nomes de mulheres.. 

E vejam só, contei apenas 25!!! São elas:


 Anna, Doris, Eleanor, Jane, JoanJuliaLillLizzyLorettaLucy
MadonnaMaggieMagillMarthaMaryMichelleMollyNancy
PamPrudenceRitaRoseSallyValerieVeraYoko

Ao final, a lista das canções aonde aparecem!

Surpresa??!!

Eu fiquei!! Mas logo pensei!!!!

Vamos analisar a lista dos homens, tentando encontrar as razões da diferença, 

Em primeiro lugar, estão na lista masculina os quatro Beatles, que se chamam entre si em algumas canções. 

Portanto, são 4 a favor dos homens.

Estão lá inúmeros nomes de gente importante, famosa, reparou? 

Vejam: 
  1. o líder Mao, 
  2. o músico Beethoven,
  3. o músico Tchaikovsky,
  4. o explorador, corsário, espião, escritor, poeta inglês Sir Walter Raleigh,
  5. o poeta inglês Dylan Thomas, 
  6. o personagem suicida de Thomas, Mr. Jones, 
  7. o poeta americano Edgar Allan Poe, 
  8. o Primeiro Ministro Britânico Harold Wilson,
  9. o Ministro das Finanças Britânico Edward Heath, 
  10. o produtor britânico Dennis O'Dell (O'Bell, em verdade, mas a intenção era uma brincadeira com O'Dell
  11. o ator Charles Hawtrey, 
  12. os circenses Henderson e 
  13. Kite, 
  14. os eméritos guitarristas Elmore James e 
  15. BBKing, 
  16. o revolucionário treinador Matt Busby, 
  17. o médico alucinado Robert Freyman, 
  18. a estatueta Oscar do prêmio do cinema, e até  
  19. o Capitão Marvel (meio forçado este, admito). 
Portanto, 23 (4+19) a favor dos homens.

Entre os nomes de mulheres,  contaram apenas com UMA famosa, a atriz Doris Day. 
Portanto, 22 (4+19-1) a favor dos homens.

Descontando então, os nomes não famosos, há mais mulheres (24), que homens (22).

Isso tudo não significaria nada, a não ser para constatar a vida dura das mulheres...

É um reflexo do papel secundário que as mulheres sempre tiveram na história da humanidade, essa vergonha que é difícil reverter, mesmo com o 'empoderamento', palavra horrorosa recente, vinda do inglês 'empowerment'.

Na época dos Beatles, década de 1960, as figuras femininas de destaque eram ainda muito raras...
  • havia pouquíssimas mulheres líderes nacionais como Mao Tse Tung (Indira Gandhi, a única talvez, e até hoje contam-se nos dedos),
  • não havia ministrAs no Reino Unido, acho que a primeira foi Margaret Thatcher,
  • nunca se soube de uma compositorA clássica da importância de um Beethoven ou Tchaikovsky, ou então foram sempre caladas, abafadas, emudecidas;
  • poetisas, sim, certamente havia, mas não celebradas como Dylan, Raleigh ou Poe, e ainda que de grande qualidade, publicavam  com dificuldade, eram contidas, reprimidas, silenciadas;
  • não se tinha notícia de guitarristAs mulheres do porte de Elmore ou King;
  • não havia distribuidorAs de drogas para ricos, como Dr. Robert;
  • não havia treinadorAs de futebol, como Busby;
  • não havia, ou eram raríssimas, produtorAs do porte de O'Dell;
  • até os nomes dos prêmios do cinema costumam ser masculinos, o Oscar, o César francês, o Goya espanhol, o Urso de Ouro alemão, o Globo de Ouro americano, até no Brasil tem o Kikito, salva-se apenas Cannes, com sua Palma de Ouro;
  • mulheres com superpoderes já havia, mas eram no máximo 5% do universo, e a Capitain Marvel Carol Danvers só viria na década de 1970
John Lennon, responsável pela maioria das citações de famosos, apenas se lembrou de Doris Day, no universo feminino. Ele foi o primeiro Beatle a se casar, porque Cynthia estava grávida, mas logo começou a deixá-la em segundo plano. Aliás, ele só viria a dar valor mesmo às mulheres depois de se casar com Yoko Ono, que lhe disse uma vez 'Woman is the nigger of the world', inspirando-lhe a canção de mesmo nome, lançada na carreira solo, onde disse:

We make her paint her face and dance

If she won't be a slave, we say that she don't love us

e

We make her bear and raise our children
And then we leave her flat for being a fat old mother hen

Woman is the slave to the slaves

Ah yeah, better scream about it

Além disso, uma das últimas canções lançadas por ele, após 5 anos sendo a 'mulher' da casa, fazendo comida e cuidando de Sean, seu filho com Yoko, e até para se penitenciar por ter sido um pai tão ausente para Julian, seu primeiro filho, John Lennon declara seu amor maior a uma mulher, em "Woman", um mês antes de ser assassinado.

Woman
I can hardly express
My mixed emotions at my thoughtlessness
After all, I'm forever in your debt
And woman
I will try to express
My inner feeling and thankfulness

For showing me the meaning of success

O mundo era (ainda mais) machista! Tudo era com os homens, mulheres eram preferencialmente para sexo, procriação, cuidar da casa, apoiar o marido, tem aquela história de 'atrás de um grande homem, sempre tem uma grande mulher', baboseira, mulheres nem votavam até o início do Século XX, enfim, será sempre uma batalha mudar uma tradição milenar, histórica como essa!!!

Mas elas têm todo meu apoio!!!

Bem, como prometido, segue a lista das canções
  1. Lucy - Lucy in the Sky with Diamonds
  2. Rita - Lovely Rita
  3. Vera - Whem I'm Sixty Four
  4. Molly - Ob'ladi Ob'lada
  5. Martha - Martha My Dear
  6. Sally - Long Tall Sally
  7. Mary - Let it Be
  8. Maggie - Maggie Mae
  9. Yoko - The Ballad of John & Yoko
  10. Lizzy - Dizzy Miss Lizzy
  11. Rose - Maxwell's Silver Hammer
  12. Valerie - Maxwell's Silver Hammer
  13. Joan - Maxwell's Silver Hammer
  14. Doris - Dig It
  15. Eleanor - Eleanor Rigby
  16. Prudence - Dear Prudence
  17. Julia Julia
  18. Madonna - Lady Madonna
  19. Pam - Polythene Pam
  20. Michelle - Michelle
  21. Magill - Rocky Raccon
  22. Lill - Rocky Raccon
  23. Nancy - Rocky Raccon
  24. Jane - What's The New Mary Jane
  25. Loretta - Get Back
Aqui, todas as linhas aonde aparecem os nomes, tanto de homens quando de mulheres!!


4 comentários:

  1. Uhu! Super Nice again! Great job! Vou pegar todas as músicas e ouvir novamente pra identificar os nomes!! Thanks for the references!

    ResponderExcluir
  2. Interessante...como sempre lindos textos

    ResponderExcluir
  3. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

    ResponderExcluir
  4. Ufa ! Só você para fazer este post. Biblioteca viva dos "quase besouros"!!

    ResponderExcluir