-

quarta-feira, 12 de outubro de 2016

Eduardo e Mônica e eu

Ontem, 20 anos da morte de Renato Russo
Lembrei da importância dele na carreira do Felipe
Quase 3 anos depois de morrer...
_______________________________________________

Bienal do Livro no Rio, 1999. 
Família Ventura passa a tarde no Riocentro.

Entre alguns livros comprados, está um de cifras e acordes para violão, de canções da Legião Urbana. Objetivo: saber acompanhar no instrumento, com o pouco que eu sabia, a canção 'Eduardo e Mônica', grande sucesso da banda, de 1986, e que eu simplesmente adorava. Chegamos em casa, primeira coisa, violão, livro aberto na página, faço os primeiros acordes, canto os primeiros versos, vou quase ao final, noto Felipe e Renata sorrindo, e o primeiro diz: 
"Pai, me ensina?!"

Foi ali que começou a paixão dele pelo instrumento, que depois passou à guitarra e depois ao violino, e ao piano, e o resto é história que, tenho certeza, será de sucesso, questão de tempo...
... pausa para breve notícia...
enquanto isso, segue a luta.... Ontem, no IFICS, debaixo de chuva, os meninos do Los Bife (e mais duas bandas) encantaram uns 50 entusiasmados fãs, mesmo com um microfone só, guitarras que davam choque, e sem o violino, para poupá-lo de encharcamento explícito, com direito a música nova, versão em português nova pra música velha e um cover arrebatador do Rage Against The Machine.
Quer conhecer Los Bife?
Vá a    www.myspace.com/bandalosbife
... fim da breve notícia...

Ontem, recebo uma mensagem, com um link, e os dizeres: "Apaixonante!"

É pouco!

Um filme da Vivo coloca rostos e sorrisos e caras e bocas em 'Eduardo e Mônica', num roteiro baseado no romance mais legal da música brasileira, adaptado às realidades de hoje, com I-Pads, I-Pods e I-Touchs, that touched me very much leading to a brief wheeping...

Eis o video:
http://www.videolog.tv/video.php?id=664144


Que bela celebração aos 25 anos de uma obra-prima de Renato Russo!! E logo, logo, vem outra homenagem, na tela grande, a filmagem de 'Faroeste Caboclo'!

Quer mais? O filmete foi dirigido por Fernando Meirelles, soube agora...

Pra quem viveu a época 
e conhece a música, 
é arrepiante.

Talvez o seja também para quem não viveu.

12 comentários:

  1. Homero,

    O roteiro é realmente encantador, tanto é que que a Vivo não foi a primeira companhia telefônica a utilizar a canção de Renato Russo misturada ao universo dos celulares. No ano 2002, a antiga operadora ATL Celular, que atuava nos mercados do Rio de Janeiro e do Espírito Santo e que, posteriormente, foi adquirida pela Claro, também aproveitou o sucesso do Legião Urbana em uma campanha.
    Na época trabalha no escritório que criou a Identidade Visual da ATL e posteriormente da Claro.
    É, neste mundo nada se cria, tudo se copia, mas se é bom, porque não.

    ResponderExcluir
  2. Homero,

    Amei o vídeo! Mais uma música do Renato Russo como filme, agora é só esperar o lançamento de Faroeste Cabloco no cinema!

    Brunna.

    ResponderExcluir
  3. Que ma-ra-vi-lha !
    Alguem já disse que, como materia produz materia, e ideia é produto do cerebro, que é materia e portando ideia é materia e portanto ...

    Criatividade é materia, a gente pega no ar ué. Pode copiar, desde que seja bom, que mal há????

    Flavio Ventura

    ResponderExcluir
  4. Homero,

    Obrigado pela dica. O filme é fantástico!

    ResponderExcluir
  5. Realmente o filme é tocante para todas as pessoas sensíveis. E esta música será eterna porque ela fala das coisas do coração, da paixão, que felizmente teima em contrariar as obviedades da razão.
    Valeu, Armando Bulgarow.

    ResponderExcluir
  6. Homero, veja isso: http://oglobo.globo.com/economia/mat/2011/06/10/eduardo-monica-historia-de-uma-campanha-viral-bem-sucedida-que-esbarrou-na-concorrencia-924658400.asp

    ResponderExcluir
  7. Desculpe, não me identifiquei no post anterior ("Homero, veja isso"). Um abraço, Sobral

    ResponderExcluir
  8. É muito mais bonito ver e ouvir a Mônica de moto e o Eduardo de camelo do que o novo casal de Brasília, a Gleisi de trator e o Paulo de carro oficial. Lindo filme. Abraço, Gico

    ResponderExcluir
  9. Todos os comentários se completam e forma uma boa salada de gosto eclético... juntando com o autor daquele mantra... "O coração tem razões que a razão desconhece".
    Paulus

    ResponderExcluir
  10. Valeu Homero, belo post. Realmente muitas vezes a paixão da música passa de pai para filho. Assim como vc passou a bola pro Felipe, meu pai me incutiu essa paixão. Um abraço do Tandera e dos Homens do Pântano.

    ResponderExcluir
  11. Compartilho sua reação. Eu sempre imaginava que cara teriam Eduardo e Monica e o comercial colocou-os exatamente como eu imaginava. Bom este publicitário...
    Alberto

    ResponderExcluir