-

sábado, 26 de setembro de 2009

No Words

Amigo Virrrrgílio,

Primeiro, devo declarar que os malotes da empresa andam a nos pregar peças, pois que as peças que mandaste só apareceram pregadas em minha mesa ao final desta sexta-feira, quando sinceramente já de sua existência havia até me esquecido, devo confessar. Notei-as no último minuto de minhas estada no escritório, peguei-as e fui-me, por atrasado que estava, somente delas me dando conta nesta madrugada de sábado.

Cara, muito obrigado. Trata-se de duas relíquias. A revista Rolling Stone (que recebi sem a capa que a deixa ainda mas com cara de relíquia) original, de janeiro de 81, lançada apenas um mês depois do passamento de John, é super famosa, leitura obrigatória, e eu nunca a havia visto, quanto mais lido (apenas trechos reproduzidos), o que o farei em breve, provavelmente durante a viagem que farei a Fortaleza para representar a empresa no encontro da CPLP, ora poish! Juntamente com a outra pérola, de 1968, surpreendentemente em melhor estado que a primeira, com as notícias sobre os Beatles inseridos na 'nova bossa psicodélica', ainda na ortografia antiga, um verdadeiro barato!


Olha, não tenho palavras para agradecer a lembrança.

Paro por aqui.
Grande Abraço

Homero Terna e Eternamente Agradecido Ventura

Copio nesta, ainda emocionado, alguns outros companheiros da estrada beatle, que certamente ficarão babando, ao mesmo tempo orgulhosos do amigo escritor de abobrinhas que mereceu tamanha lembrança do leitor sensibilizado.