-

segunda-feira, 8 de fevereiro de 2010

O Finde

Se a alguém interessar ....

1. No sábado, assisti ao filme Star Trek, no DVD que acabou de chegar em
casa, quase um ano após tê-lo visto no cinema. Depois escrevo sobre mais
esta grande emoção, renovada e amplificada. Só o menciono agora para
registrar um comentário do crítico Rubens Ewald Filho, que eu até admirava,
até ouvir o que ele falou sobre a atuação de Zachary Quinto no papel de
Spock: "Faltou emoção!" No words?

2. Ainda no sábado, tirei um pouco do atraso, ao assistir parte da Maratona
de "The Good Wife", série da Universal, dirigida e produzida pelos irmãos
Scott (Ridley e Tony), que rompe meu compromisso de somente assistir a "24
Horas na televisão. Resumo: mulher, com dois filhos
adolescentes, decepcionada com escorregadas do marido no mundo dos favores
sexuais que vem a público para derrubá-lo de importante cargo idem, retoma
sua carreira de advogada em grande escritório, resolvendo casos cíveis e
criminais, enquanto o maridão está na cadeia. Julianna Margulies, a atriz
que interpreta a tal boa esposa, ganhou o Globo de Ouro. Agora,
inexplicavelmente, a série vai entrar em "recesso", deixando os fãs na mão.
No words!

3. Entre sábado e domingo, criei mais um email, para poder votar no Los
Bife,
venturahomeroventra no gmail, ao seu dispor! Aliás, se ainda não votou, este
é o link
https://caferj.petrobras.com.br/franzferdinand/,DanaInfo=.awxyChf48mImzyMp6+  e se ainda não se decidiu pelo voto,
e não teve oportunidade de ir aos links que sugeri, eis aqui um aperritivo,
numa canção do Felipe, anexada, chamada "Olhando Pra Cima". Preste atenção
na letra e na gravação instrumental. Simplesinha mas bonitinha.

 4. No domingo, ao ler a reportagem d'O Globo sobre a continuação de Wall
Street, filme que rendeu Oscar a Michael Douglas em 1987, deparei-me com um,
penso, ato falho de Rodrigo Fonseca, o autor da reportagem. Ele citou o
melhor, na minha opinião, filme de do diretor de Wall Street, Oliver Stone,
de 1991, como: "Chávez - A Pergunta Que Não Quer Calar". No Words? (Aceito
sugestões!)

5. Ao ler o Globo na varanda de casa, no Suvaco do Cristo, ouvia ao fundo as
marchinhas da concentração do bloco do mesmo nome, e pensei: "Acho que sou
de outro mundo!" Não consigo me imaginar em sã consciência, e de posse plena
de minhas faculdades mentais, me embrenhando junto a outras milhares de
pessoas suadas, debaixo de um calor senegalês, a testemunhar demonstrações
de incivilidade com foliões urinando nas ruas a poucos metros de um banheiro
químico, disponibilizado pelo prefeito. E depois reclamam quando ele acusa
seus conterrâneos de porcos. No words?

6. Quase ao final do domingo assisti a Invictus, onde Morgan Freeman,
candidato ao Oscar, encarna à perfeição, Nelsno Mandella, dirigido por Clint
Eastwood. One word? Emocionante!

7. E, pra terminar o domingo com chave de ouro, a vitória do Peixe, da qual
apenas vi os (muito) melhores momentos, para meu gáudio pleno, com direito a
paradinha perfeita de Neymar, dribles desconcerrtantes de Paulo Henrique -
Ganso, e até gol de letra de Robinho. No words, bambis!!!


Bem, quer dizer, apesar de gostar do número 7, registro mais um momento: a
admiração pela frase de um flamenguista ecologicamente: "Quem tem Pet, não
pode jogar fora, tem mais é que reciclar!". One word? Brilhante.


Homero Twitering Ventura

4 comentários:

  1. 1. Adorei a música! Curtinha e bastante agradável.
    2. Invictus nota 1000!!!!!
    3.Finalmente vi Bastardos Inglórios, adorei também.
    4.Eu consigo entender a animação do Suvaco, embora não esteja no clima agora e não goste muito de "muvuca" e certamente odeie xixi fora do lugar. É, de certa forma, uma manifestação socialmente interessante.

    ResponderExcluir
  2. Sobre o Chávez, não é possível que o cara tenha se confundido. Até porque o filme do Oliver Stone é o melhor sobre o assunto. Será que é realmente um ato falho de um profundo desejo do assassinato do presidente venezuelano?

    Depois checa meu blog: http://estadocritico.blog.br

    ResponderExcluir
  3. Comentários:
    1. Sem comentários
    2. Qual é o canal de "The God Wife"? A que horas?
    3. Já votamos com todos os nossos endereços
    4. Não sei se vi o primeiro (preciso rever) e não soube do segundo (não pretendo ver).
    5. Você não poderia ter descrito melhor o que eu também sinto... Nessas horas, faço minhas as palavras de um conhecido: "Acho que nasci no país errado..."
    6. Devo ver algum dia mas não está nas minhas prioridades
    7. Gostei mesmo foi da reportagem do Tadeu Schmidt no Fantástico sobre a paradinha do Neymar. Depois do gol, parece que o Rogério Ceni falou para ele: "Aproveita que é só no Brasil que isso é permitido". Na mesma hora o Tadeu mostrou um vídeo do Ceni fazendo um gol de pênalti (não sei em quem) também com paradinha, e emendou "O que é que é isso, Rogéio Ceni?". Quanto ao gol do Robinho, foi espetacular mas ele é o tipo de cara que não tem equilíbrio psicológico e esse tipo de coisa sobe rápido à cabeça, ou seja, ele que já se acha o máximo, vai começar a dar trabalho...

    A propósito, vi Amor sem Escalas e, mais uma vez, o título em português engana bastante. Não se trata de água com açúcar e, apesar de não ser um filme denso, tem bastante conteúdo. É daqueles filmes que, quando acaba, fica todo mundo meio em silêncio, pensando na vida...

    ResponderExcluir
  4. 1. Hehe, dei risada.

    2. Não conheço...

    3. Já votei, mas por falta de tempo, não de curiosidade, não havia escutado nenhuma música do Los bife. Esta foi a primeira... Legal, gostei! A melodia é bem gostosa, mas a letra é de humor negro... apesar de engraçada na primeira vez...
    4. "na minha opinião" ou "na dele". Se vc confirmar o "na minha", não entendi a indignação...

    5. Que bom que tem gosto pra tudo... Mas que não pode se ofender não pode!

    6. ainda não consegui assitir. Só aumentou minha vontade!

    7. Esquecendo a dor de cabeça que ando com meu time (Paraná Clube)... Resolvi dar uma de boa esposa e sentei para assistir a final da Super Bowl com meu marido e aprender um pouco de futebol americano (ele acabou de chegar dos USA e ficou contagiado com o clima de final de lá... tentou até me convencer de que era como a final da Copa do Mundo para os brasileiros. Mas eu acho que convenci ele de que é como a final do brasileirão para nós.) Mas valeu a pena... aprendi o que o Charlie Brown do Snoopy sempre tentou fazer com a bola... e outros "chavões" que aparecem nos filmes... também entendi porque muitos estadunidenses acham que futebol é coisa de menina... E o melhor de tudo foi que no intervalo teve um show ao vivo do The Who!

    ResponderExcluir