-

terça-feira, 18 de agosto de 2020

As melhores pérolas da música brasileira

Um grande amigo mencionou o trecho de letra de música que ele mais admirava:
"Mas o mundo foi rodando nas patas do meu cavalo"
e eu disse que ele estava no meu Top Ten.
Confirmei! É o Número 9!!
Confira aqui os oito que estão acima...
E os mais de 100 que estão abaixo, aqui

________________________________

Fiz há anos este levantamento, dos melhores trechos de letra da música brasileira, 

Ordenei apenas as 10 primeiras.



As outras seguem na ordem de minha lembrança, decerto que as que aparecem mais à frente causaram mais impacto, pois que aparecem primeiro, de forma que há, sim,  uma certa ordem...


E, como toda a lista é burra, aceito críticas!!! 

Ao final, em vermelho, os acréscimos dos amigos!


1 A saudade é o revés do parto, a saudade é arrumar o quarto do filho que já morreu

2 Ando devagar porque já tive pressa e levo esse sorriso porque já chorei demais
3 Encosta a sua cabecinha no meu ombro e chora e conta logo suas mágoas todas para mim
4 Eu sou o início, o fim e o meio!
5 Caía a tarde feito um viaduto
6 Tu és divina e graciosa estátua majestosa no amor por Deus esculturada
7 Quero que você me aqueça neste inverno e que tudo mais vá pro inferno
8 Queixo-me às rosas mas que bobagem  .. as rosas não falam, 
                        simplesmente as rosas exalam o perfume que roubam de ti
9 Mas o mundo foi rodando nas patas do meu cavalo
10 Quem me dera agora eu tivesse a viola pra cantar

A seguir, as demais


  • De longe ecoa a imensa voz do cume... de perto é só um frágil sussurro
  • E a ponta de um torturante band-aid no calcanhar
  • Encefalite, faringite, gripe e leucemia e o pulso ainda pulsa
  • Bichos escrotos venham enfeitar meu lar, meu jantar, meu nobre paladar!
  • Eu não gosto de padre, eu não gosto de madre, eu não gosto de frei, eu não gosto de bispo, eu não gosto de Cristo, eu não digo amém
  • É de manhã, vem o sol mas os pingos da chuva que ontem caiu inda estão a brilhar
  • Seu garçom, faça o favor de me trazer depressa uma boa média que não seja requentada
  • Eu abri a porta devagar, mas deixei a luz entrar primeiro
  • Dotô, jogava o Flamengo, eu queria escutar
  • Saudade, diga a esse moço, por favor, como foi sincero o meu amor, ...
  • Com certeza já morreu ou então felicidade é brinquedo que não tem
  • Será que algum dia eles vêm aí cantar as canções que a gente quer ouvir?
  • Tem que ser selado, registrado, carimbado, avaliado, rotulado se quiser voar!
  • Quem não tem colírio, usa óculos escuros
  • Não quero chá, não quero café, não quero Coca-Cola, me liguei no chocolate
  • Devia ter amado mais, ter chorado mais, ter visto o sol nascer
  • A gente não quer só comida, a gente quer saída para qualquer parte
  • O desespero de ser nada além de mim
  • A televisão me deixou burro muito burro demais
  • Jesus não tem dentes no país dos banguelas!!
  • Você vai morrer e não vai pro céu, é bom aprender: a vida é cruel
  • Uma coisa de cada vez, tudo ao mesmo tempo agora
  • É goiabada cascão com muito queijo, depois café...
  • É preciso amar as pessoas como se não houvesse amanhã
  • Quem me dera, ao menos uma vez, que o mais simples fosse visto como o mais importante
  • Você sabe o que é ter um amor, meu senhor, ter loucura por uma mulher?
  • Felicidade foi-se embora e a saudade no meu peito ainda mora
  • Todos os dias quando acordo não tenho mais o tempo que passou mas tenho muito tempo
  • Amigo é coisa pra se guardar debaixo de sete chaves, dentro do coração
  • Todo artista tem que ir aonde o povo está
  • Hoje eu quero a rosa mais linda que houver, quero a primeira estrela que vier, para enfeitar a noite do meu bem
  • Eu sou apenas um rapaz latino-americano sem dinheiro no banco
  • O meu pai foi peão, minha mãe, solidão, meus irmãos perderam-se na vida em busca de aventuras
  • Eu vi Moisés cruzar o Mar Vermelho, vi Maomé cair na terra de joelhos, eu vi Pedro negar Cristo 3 vezes diante do espelho
  • Eu devia estar feliz porque consegui comprar um Corcel 73
  • Eu prefiro ser essa metamorfose ambulante do que ter aquela velha opinião formada sobre tudo
  • Você tem dois pés para cruzar a ponte. Nada acabou!
  • Cada vez que eu me despeço de uma pessoa pode ser que essa pessoa esteja me vendo pela última vez
  • Vem, vamos embora que esperar não é saber. Quem sabe faz a hora, não espera acontecer
  • Se você sentir saudade, por favor não dê na vista, bate palmas com vontade, faz de conta que é turista
  • Me trouxe uma bolsa já com tudo dentro: chave, caderneta, terço e patuá, um lenço e uma penca de documentos pra finalmente eu me identificar
  • Agonizou no meio do passeio público, morreu na contramão atrapalhando o tráfego
  • E então ela se fez bonita como há muito tempo não queria ousar, com seu vestido decotado cheirando a guardado de tanto esperar
  • Você vai se amargar vendo o dia raiar sem lhe pedir licença e eu vou morrer de rir que esse dia há de vir antes do que você pensa
  • ... Que rouba os meus sentidos, viola os meus ouvidos, com tantos segredos lindos e indecentes
  • Mas posso evitar o drama se aquela formosa dama esta noite me servir
  • Na desordem do armário embutido meu paletó enlaça o teu vestido e o meu sapato inda pisa no teu
  • E agora eu era um louco a perguntar o que é que a vida vai fazer de mim?
  • Esse silêncio todo me atordoa, atordoado eu permaneço atento na arquibancada pra a qualquer momento, ver emergir o monstro da lagoa
  • Procurando bem, todo mundo tem pereba, marca de bexiga ou vacina, e tem piriri, tem lombriga, tem ameba, só a bailarina que não tem
  • Numa folha qualquer eu desenho um sol amarelo e com cinco ou seis retas é fácil fazer um castelo
  • Onde o mar arrebenta em mim o lamento de tantos "ais"
  • Quem sabe o super-homem venha nos restituir a glória, mudando como um Deus o curso da história por causa da mulher
  • Ensinai-me, oh Pai, o que eu, ainda não sei! Mãe Senhora do Perpétuo, socorrei!...
  • Quando eu te encarei frente a frente não vi o meu rosto, chamei de mau gosto o que vi, de mau gosto, mau gosto, é que Narciso acha feio o que não é espelho
  • Onde queres o ato, eu sou o espírito, onde queres ternura, eu sou tesão, Onde queres o livre, decassílabo
  • Ela pensa em casamento e eu nunca mais fui à escola sem lenço e sem documento
  • Durante toda a viagem, que realizas do nada, através do qual carregas o nome da tua carne...
  • E o meu jardim da vida ressecou, morreu, do pé que brotou Maria, nem margarida nasceu
  • Você deságua em mim, e eu, oceano, me esqueço que amar é quase uma dor
  • Meu bem querer é segredo, é sagrado, está sacramentado em meu coração
  • Por ser exato, o amor não cabe em si; por ser encantado, o amor revela-se, por ser amor, invade e fim!!
  • O amor é um grande laço, um passo pr'uma armadilha, um lobo correndo em círculos pra alimentar a matilha
  • Vai além de onde eu vou, do que sou, minha dor, minha Linha do Equador
  • Um dia triste, toda fragilidade incide e o pensamento lá em você, e tudo me divide
  • Eu não sei se vem de Deus do céu ficar azul, ou virá dos olhos teus essa cor que azuleja o dia...
  • São Jorge, por favor, me empresta o dragão! Mais fácil aprender japonês em braile
  • Nada a temer senão o correr da luta, nada a fazer senão esquecer o medo
  • Quando você foi embora fez-se noite em meu viver
  • Qualquer maneira de amor vale amar
  • Se alguém perguntar por mim diz que fui por aí levando um violão debaixo do braço
  • Levava um canivete no cinto e um pandeiro na mão e sorria quando o povo dizia: sossega leão, sossega leão
  • Levanta e serve um café que o mundo acabou!
  • Duvido que ele tenha tanto amor e até os erros do meu português ruim
  • Mas o meu silêncio foi maior e na distância morro todo dia sem você saber
  • Índia, seus cabelos nos ombros caindo, negros como a noite que não tem luar
  • Sua estupidez não lhe deixa ver que eu te amo
  • Pois sem você meu mundo é diferente, minha alegria é triste
  • Tudo em volta está deserto, tudo certo, tudo certo como dois e dois são cinco
  • Você não sabe até onde eu chegaria pra te fazer feliz
  • As flores do jardim da nossa casa morreram todas de saudade
  • Aquela esperança de tudo se ajeitar pode esquecer; aquela aliança, você pode empenhar ou derreter
  • Olha que coisa mais linda mais cheia de graça
  • Vou te contar, os olhos já não podem ver, coisas que só o coração pode entender
  • E eu que era triste, descrente deste mundo, ao encontrar você eu conheci o que é felicidade meu amor
  • Acorda amor, que eu sei que embaixo desta neve mora um coração
  • Só privilegiados têm o ouvido igual ao seu; eu possuo apenas o que Deus me deu
  • Foi com medo de avião que eu segurei pela primeira vez a tua mão
  • E as paralelas dos pneus n'água das ruas são duas estradas nuas em que foges do que é teu
  • Nunca mais meu pai falou: "She's leaving home" e meteu o pé na estrada, "Like a Rolling Stone..."
  • Por isso cuidado meu bem há perigo na esquina. Eles venceram e o sinal está fechado prá nós que somos jovens
  • Afinal de contas não tem cabimento entregar o jogo no primeiro tempo
  • Jogue a cópia das chaves por debaixo da porta que é pra não ter motivo
  • Pede a banda pra tocar um dobrado. olha nós outra vez no picadeiro
  • Pai, eu cresci e não houve outro jeito, quero só recostar no teu peito a pedir pra você ir lá em casa e brincar de vovô com meu filho no tapete da sala de estar
  • O sol há de brilhar mais uma vez, a luz há de chegar aos corações, do mal será queimada a semente, o amor será eterno novamente
  • Mas se a Deborah Kerr que o Gregory Peck
  • Amor é divino, sexo é animal, amor é bossa nova, sexo é carnaval
  • Minha saúde não é de ferro, não, mas meus nervos são de aço
  • Ela agora está vivendo com esse tal de Roque Enrow!
  • Os ladrões e as amantes, meus colegas de copo e de cruz me conhecem só pelo meu nome de menino Jesus
  • Foi quando meu pai me disse: Filha, você é a ovelha negra da família!
  • Mas louco é quem me diz e não é feliz, não é feliz
  • E lá no fundo azul na noite da floresta. a lua iluminou a dança, a roda, a festa
  • E a gente vive junto e a gente se dá bem, não desejamos mal a quase ninguém
  • Talvez eu seja o último romântico dos litorais desse Oceano Atlântico
  • Não imagine que te quero mal, apenas não te quero mais
  • Alguém me vê, nada acontece, não sei por que, se eu não perdi nenhum detalhe, onde foi que eu errei?
  • Aonde quer que eu vá levo você no olhar
  • Me diz o que é que eu tenho de mal ô ô, por que você não olha pra mim. por trás dessa lente tem um cara legal
  • Quem vai pagar as contas desse amor pagão, te dar a mão, te trazer à tona prá respirar
  • Tornei-me um ébrio e na bebida busco esquecer. Aquela ingrata que eu amava e que me abandonou.
  • Será, será que será, que será, a incompetência da América católica que sempre precisará de ridículos tiranos?
  • Tira essa bermuda que eu quero você sério
  • Na rua, na chuva, na fazenda, ou numa casinha de sapê
  • Larga logo desse espelho
  • Não reparou que eu tô até vermelho
  • Meu carro é vermelho, não uso espelho pra me pentear
  • Onde eu possa plantar meus amigos, meus discos e livros e nada mais
  • Eu organizo o movimento, eu oriento o carnaval, eu inauguro o monumento no planalto central do país
  • Oh! Comandante, capitão, tio, brother, camarada, chefia, amigão, desce mais uma rodada
  • Eu quero entrar na rede, promover um debate, juntar via Internet, um grupo de tietes de Connecticut
  • É de manhã, vem o sol mas os pingos da chuva que ontem caiu ainda estão a brilhar
  • Ser feliz é tudo que se quer! Ah! Esse maldito fecho éclair
  • Peguemos todas nossas coisas e fumos pro meio da rua apreciá a demolição
  • Sou filho único, tenho minha casa para olhar e eu não posso ficar
  • Teu olhar mata mais do que bala de carabina, que veneno e estriquinina, que peixeira de baiano
  • Nunca mais quero o seu beijo mas meu último desejo você não pode negar
  • Quando eu morrer, não quero choro nem vela quero uma fita amarela gravada com o nome dela
  • Um pierrô apaixonado que vivia só cantando, por causa de uma colombina, acabou chorando
  • A estrela d'alva no céu desponta e a lua anda tonta com tamanho esplendor
  • Você traz a Coca-Cola eu tomo, você bota a mesa, eu como, eu como, eu como, eu como, eu como você
  • Ouça-me bem, amor, preste atenção, o mundo é um moinho´, vai triturar teus sonhos, tão mesquinhos, vai reduzir as ilusões a pó
  • Virá impávido que nem Muhammad Ali
  • Terra! Terra! Por mais distante o errante navegante, quem jamais te esqueceria?
  • Meu Amigo volte logo, venha ensinar meu povo, o amor é importante, vem dizer tudo de novo
  • Das lembranças que eu trago na vida você é a saudade que eu gosto de ter, só assim sinto você bem perto de mim outra vez
  • De todos os lugares vinham aos milhares e em pouco tempo eram milhões
  • E é cinqüenta e quatro, cinqüenta e quatro, o número do seu sapato
  • Hoje trago em meu corpo as marcas do meu tempo, meu desespero, a vida num momento, a fossa, a fome, a flor, o fim do mundo...
  • Tem alvorada, tem passarada, alvorecer, sinfonia de pardais, anunciando o anoitecer
  • Trama em segredo teus planos, parte sem dizer adeus, nem lembra dos meus desenganos, fere quem tudo perdeu
  • Dinheiro na mão é vendaval, dinheiro na mão é solução e solidão!
  • Foi um rio que passou em minha vida e meu coração se deixou levar!
- Acréscimos dos amigos
  • Sabe lá, o que é não ter e ter que ter pra dar
  • Pode abrir a janela, noites com sol são mais belas, certas canções são eternas, deixa o sol entrar
  • Se acaso numa curva, eu me lembro do meu mundo, eu piso mais fundo, corrijo num segundo, não posso parar
  • Eu sei que esses detalhes vão sumir, na longa estrada, do tempo que transforma todo amor, em quase nada
  • Tire o seu sorriso do caminho que eu quero passar com a minha dor
  • Aqui eu não pago aluguel, se eu morrer amanhã, seu doutor, estou pertinho do céu
  • Por você... (eu) desejaria todo dia, a mesma mulher

4 comentários:

  1. Só algumas sugestões (são tantas)... rs:
    - Sabe lá, o que é não ter e ter que ter pra dar
    - Pode abrir a janela, noites com sol são mais belas, certas canções são eternas, deixa o sol entrar
    - Se acaso numa curva, eu me lembro do meu mundo, eu piso mais fundo, corrijo num segundo, não posso parar
    - Eu sei que esses detalhes vão sumir, na longa estrada, do tempo que transforma todo amor, em quase nada

    ResponderExcluir
  2. "Como sou feliz, quero ver feliz quem andar comigo... Vem!"

    ResponderExcluir
  3. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  4. Caramba, são tantas excelentes citações que acabo sem ter a certeza de que não registrarei uma repetição. Peço desculpas se isso ocorrer a partir de agora.
    "E há que se cuidar do broto
    Pra que a vida nos dê
    Flor, flor e fruto"

    ResponderExcluir