-

quarta-feira, 19 de setembro de 2012

Plaquetas e Sangue para Isabella!! Doai todos!!!

Amigos, necessitamos mais uma vez sua participação

Outra menina precisa de nós!!

Em tempo, a Manu, pela qual batalhamos no início deste ano, cuja história acompanharam nos posts abaixo, e que conseguiu um doador de medula, evolui bem e ainda não precisou fazer o transplante. Está em monitoração constante.

Agora, é a menina Isabella, filha de meu colega Gabriel, que nos pede sua ajuda.

Veja abaixo e verifique se pode se tornar um doador freqüente para Isabella.

Vamos mostrar nossa solidariedade!!

Como sempre digo:
  • quem não está no Rio,  por favor divulgar a quem esteja
  • quem não pode doar por algum motivo,avisa a quem possa doar.
  • Nessas situações, a rede de amigos pode salvar vidas!!!

É isso!!

Leiam as instruções e ... MÃOS À OBRA!!!

Obrigado e grande abraço!!

Homero
_________________________

Olá pessoal,

Muitos de vocês já devem saber que minha filha Isabella de dois anos foi diagnosticada com linfoma linfoblástico e está sob quimioterapia. Dentre os efeitos colaterais da quimioterapia, dois podem complicar a saúde dela ainda mais: a anemia pela redução no número de células vermelhas do sangue (hemáceas) e a hemorragia pela redução na produção de plaquetas.

Assim, para dar continuidade ao tratamento com segurança, Isabella vai precisar de doadores FREQÜENTES de hemáceas e plaquetas. Como a minha família e da minha esposa são de fora do Rio, peço encarecidamente aos amigos do Rio que vão ao HEMATOLOGISTAS ASSOCIADOS (Rua Conde de Irajá, 183 - Botafogo tel: 2537-7440) para fazer uma doação de sangue e verificar se pode ser o doador freqüente de Isabella. Por favor, convoquem parentes e amigos para colaborarem, pois assim teremos um maior número de pessoas doando sangue e, logo, um maior número de doadores freqüentes.

A doação pode ser feita dia de semana das 8h às 17h e sábado das 8h às 11h .
 
Quem precisar de ajuda para se locomover até Botafogo para a doação, fale comigo que daremos um jeito. O importante é que o máximo de pessoas vão doar para conseguirmos um bom número de doadores freqüentes para Isabella

Seguem algumas informações sobre a doação de sangue:
1) Critérios para doação de sangue:
  • Informar que a doação é para a paciente Isabella Dumaresq Santa Rosa Azevedo
  • Não doar em jejum e evitar alimentos gordurosos pelo menos 4 horas antes da doação. Fazer uma alimentação leve sem gordura
  • Estar em boas condições de saúde
  • Ter entre 16 e 67 anos e 11 meses e 29 dias. Para menores de 18 anos é necessário uma autorização e presença dos pais ou responsáveis.
  • Pesar mais de 50 kg
  • Não ter tomado vacina há menos de um mês
  • Dormir pelo menos 6 h nas últimas 24 h que antecedem a doação.
  • Trazer documento original com foto emitido por órgão oficial (RG, Carteira de Trabalho e Previdência Social, Carteira de Habilitação ou Carteira dos Conselhos Regionais).
2) Impedimentos definitivos para doação de sangue:
  • Doença de Chagas, Malária, Sífilis e AIDS
  • Hepatite A após 11 anos de idade
  • Hepatite B ou C
  • Infecção pelo vírus HTLV I/II
  • Hanseníase
  • Comportamento de risco, múltiplos parceiros sexuais, hábitos promíscuos, usar ou ter parceiros usuários de drogas injetáveis.
3) Impedimentos Temporários para a doação de sangue:
  • Gripe ou febre
  • Ingestão de bebida alcoólica no dia da doação
  • Tatuagem (menos de 1 ano)
  • Gravidez
  • 90 dias após parto normal e 180 dias após cesariana
  • Amamentação: aguardar o término.
4) Critérios para doação de plaquetas por aférese:
  • Ter acesso venoso satisfatório avaliado no momento da doação de sangue.
  • Dar preferência ao mesmo tipo de sangue do paciente.
  • Ter disponibilidade de horário para doar.
  • As doações de aférese serão realizadas das 8 às 16 h com agendamento prévio.
  • A doação de plaquetas poderá ser repetida com intervalo mínimo de 48 h, até 2 vezes ao mês ou 24 vezes ao ano.
  • Em todas as doações impreterivelmente, será colhida nova amostra para contagem de plaquetas. Caso a contagem seja favorável, aí sim será feita a doação.

Podem entrar em contato comigo para quaisquer dúvidas, ou entrem no site http://www.hematologistas.com.br/oquepreciso.html . Ainda estou anexando o procedimento de aférese para plaquetas para quem tiver mais alguma dúvida.


Veja aqui também instruções mais detalhadas!!
http://blogdohomerix.blogspot.com.br/2012/09/sangue-para-isabella-instrucoes.html
 
Atenciosamente,

Gabriel Henrique de Azevedo
Tel: (21) 7119-8808
Tel: (21) 8215-2535
Tel: (21) 3496-9226
Tel: (21) 2144-4932
gabriel.azevedo@gmail.com
gabrielh@petrobras.com.br

21 comentários:

  1. Meus caros: estou lendo a mensagem exatamente no banco de sangue do INCA na Cruz Vermelha, onde faço doaçäo frequentes. Por isso, acho que não poderei contribuir com sangue por enquanto, mas quanto às plaquetas, em breve será possível. Tenho sangue A negativo. Qual é a tipagem da Isabella ?

    ResponderExcluir
  2. Olá! Primeiro, obrigada pela divulgação e obrigada a todos!! O tipo sanguineo da Isabella é B+, mas para a doação de sangue regular o próprio banco de sangue se encarrega de fazer as trocas das bolsas por lá mesmo.. Já para a doação de plaquetas, nos disseram que seria melhor que fosse o mesmo tipo! Minha princesinha agradece..

    ResponderExcluir
  3. Beca, não posso doar, devido a distância, infelizmente não tem como eu ir ai... mais vou divulgar e orar pela sua pequenina, beijos e Deus continue abençoando!!!

    ResponderExcluir
  4. Primeiramente quero agradecer a Homerix por abrir esse precioso espaço para um pedido tão importante. É isso aí!

    Seu blog é muito interessante, parabéns!

    E prá Isa, Rhebecca e Gabriel, que Deus os fortaleça em amor e renove a fé.

    Já divulguei no meu FB e estou junto com vcs nessa luta.

    Um abração!

    ResponderExcluir
  5. Já estamos divulgando

    ResponderExcluir
  6. i amorzinho... Seu Bobô(VoVô) está constantemente em oração por voce.
    Se gritares o meu grito será maior, se pulares o meu pulo será maior, se chorares meu chôro será maior, quando sorrires meu sorriso será maior em direção ao Senhor em agradecimento por tê-la conosco.

    Cypriano Santa Rosa (Bobô - Vovô)

    ResponderExcluir
  7. Seu BoBô(VoVÔ) é apaixonado por voce.

    Cypriano Santa Rosa

    ResponderExcluir
  8. oi, sou prima da Anna Karla, consegui 2 doadores aí no Rio q entrarão em contato com vc... Polyana e Glauber. Continuaremos divulgando. Que Deus os abençoe. Abraços. Leilane

    ResponderExcluir
  9. Paula, minha amiga, tem parentes aí no RJ. Amanha ela me disse que entrará em contato com eles. Pryscilla

    ResponderExcluir
  10. Boa tarde Homero e Gabriel, recebi o link com este post e acho que posso ajudar, irei na próxima semana ou no sábado 28/09 para doar sangue para a Pequena Isabella, tenho sangue B+, verificarei se poderei ser doador de plaquetas e em caso de positivo, doarei sempre.
    Parabéns Homero pela iniciativa, verdadeiro ato de cidadania, muito melhor do que ficar reclamando do que os outros não fazem é fazer.
    Divulgarei também para minha rede de amigos e espero que consigamos doações suficientes para a pequena Isabella.

    Ótima semana a todos,

    Douglas

    ResponderExcluir
  11. Paulo Sérgio Carvalhaes e Souza20 de setembro de 2012 16:31

    Conheço bem a situação de Isabella, de dois anos, diagnosticada com linfoma linfoblástico e que está sob quimioterapia, com necessidade urgente e frequente de hemácias e plaquetas.

    Sei que a necessidade é muito, muito grande. Em decorrência de meu diagnóstico de leucemia mielóide aguda no exame periódico de agosto de 2005, tive internações de 65 dias + 35 dias + 30 dias + 15 dias, durante as quais tomei quantidades consideráveis de quimioterapia, culminando com o reimplante (autólogo) de minha própria medula em março de 2006, com sucesso absoluto. Hoje, trabalho normalmente, aos 66 anos, sem medicamento algum para Câncer. Apenas os controles anuais no INCA.

    Nesse período, recebi as hemácias e plaquetas de quase 200 pessoas, que participaram do salvamento de minha vida, poucas das quais tive a oportunidade de agradecer, e cujo sangue, ainda que em resquícios, honradamente corre em minhas veias.

    Só quem passa por isso entende na sua plenitude o que significa a doação de sangue. Os doadores voluntários de sangue, na forma da Lei nº 1.075, de 27.03.1950, serão incluídos, “... em igualdade de condições exigidas em Lei, entre os que prestam serviços relevantes à sociedade e à Pátria.”

    E o mais importante, ajudarão a salvar a vida da Isabella e de tantas outras pessoas que precisam de sangue, como eu já precisei.

    ResponderExcluir
  12. Eu sei bem o que vocês estão passando, pois tenho um sobrinho que foi diagnosticado com leucemia mielóide aguda com três anos de idade e precisou de doadores. O tratamento foi muito difícil,com certeza deve estar sendo da Isabella. Hoje pra glória de Deus ele está com 14 anos, não precisou de transplante e está curado do câncer. É muito importante a doação de sangue e sem contar que é muito bom fazer o bem pra quem precisa. Que Deus abençoe a vida da Isabella, dos seus pais e de toda equipe médica.

    ResponderExcluir
  13. Sou amigo de um colega de trabalho da Yana, tia da Isabella. Fia a doação de sangue hoje de manhã. Meu tipo sanguíneo é A+. Não sei se posso doar plaquetas, mas estou ao dispor, se possivel e necessário. Desejo
    Plena recuperação da Isabella.

    ResponderExcluir
  14. Recebi ontem email de um colega da TRANSPETRO (Sebastião) e fiz a doação de sangue hoje de manhã. A par da plena e rápida recuperação da Isabella, desejo que a fé e a esperança estejam sempre presentes nos seus corações, não esquecendo que tudo o que acontece tem a anuência divina, cabendo a nós fazer o melhor e confiar. Saúde e paz!

    ResponderExcluir
  15. Rebeca e Gabriel,

    Acompanho o restabelecimento de Isa e tomei conhecimento deste post. Como não posso contribuir diretamente, divulguei o link na minha rede social. Com certeza ela será recompensada.
    Abraços,

    Carminha Sobral

    ResponderExcluir
  16. Rebhecca prima, como podemos ajudá-los? meu Deus o nosso desejo seria de estar ai pertinho de vcs, mas vamos fazer assim, Eduardo tem amigos da Infraero ai no Rj , VAMOS FALAR COM ALGUNS DOADORES DE SANGUE E PEDIR QUE LIGUEM P VCS OK? dEUS CONTINUE NA FRENTE DA RECUPERAÇÃO DE BELLINHA. UM BJ NO CORAÇÃO DE TODOS.

    ResponderExcluir
  17. rEBHECCA SOU fATIMA, XIQUITISSIMA QUE ESCREVEU AI O DE CIMA. BJSSSSSS

    ResponderExcluir
  18. Olá, tenho sague O+. Nesse momento estou embarcado mais desembarco no dia 03/10 e entro em contato com vocês para pegar mais detalhe de como faço chegar nessa clinica em botafogo. Também estarei divulgando aqui na plataforma e por email para meus amigos.
    Que Deus continue abençoando a pequena Isabella a sua familia.
    Entrega o teu caminho ao SENHOR; confia nele, e o mais ele o fará. (Salmos 37 : 5)

    ResponderExcluir
  19. Lança teu pão sobre as águas, pois passados muitos dias o recolherás.

    Avô se Isabella que está sendo tratada de Câncer.
    Venho agradecer a tantos que se dispuseram em doar sangue ou plaquetas para minha neta, não tenho como agradecer a tantas pessoas conhecidas e a tantos pessoas anônimos que leram nossos pedidos e atendendo nosso apelo foram ao Banco de Sangue e doaram.
    Vou lhes narrar fatos em nossa vida em agradecimento a vocês: Há alguns anos nós nos deparamos com uma quantidade de pessoas mirando algo em direção ao solo chegando a atrapalhar o trânsito de automóveis no local, paramos e fomos verificar o que tinha ocorrido.
    Ao chegarmos ao local, um bairro de classe média alta, pedimos para que as pessoas nos dessem licença e se afastassem, deparamo-nos com uma criança lourinha por volta dos 09 a 10 anos de idade caída ao chão na posição fetal, indagamos o que tinha ocorrido e nos disseram que a mesma tinha pedido almoço na casa de alguns e por não lhe atender ele caíra ao chão de inanição, FOME. Perguntei-lhes se não iam fazer nada e se iam deixá-la ali ao chão ?? Nada responderam, peguei então a criança em meus braços e a levei para uma padaria próxima e dei-lhe iogurte, leite e etc., vinda a mesma a ganhar forças, após o restabelecimento a despedi com vários pacotes de alimentos sólidos.
    Ao olhar aquela criança algo começara a mudar em nossa vida, começamos a doar alimentos a crianças e idosos que não tinham força de trabalho..., começamos doando 50 Kg e sentimo-nos felizes e ao mesmo tempo tristes posto que tínhamos consciência que rapidamente acabaria, já que a fome não pode esperar.
    Doamos, 100Kg, depois 200kg, 300Kg, chegamos a 1.000Kg e nos alegramos, víamos pessoas felizes e melhorando de vida pois estavam mais fortes, voltando alguns a sorrir um sorriso largo e espaçoso..., continuamos com as doações e conseguimos doar 10.000Kg, 50.000Kg, 70.000Kg chegando hoje para nossa completa alegria mais de 100.000Kg de alimentos, 900 brinquedos infantis, 700 peças de roupas de adolescentes, 02 note books, 01 cadeira de rodas, 03 teclados semiprofissional, todo os instrumentos de percussão de uma Igreja, 01 Púlpito em mármore travertino, doamos material de construção para edificação de banheiros e cozinhas em uma comunidade carente, 3500 Lt de leite, pagamos durante 18 meses um programa de rádio evangélico, microfones sem fio, sistemas de ventilação de 01 Igreja, doamos 80% de material e mão-de-obra na construção de 01 Igreja, 01 bicicleta de 18 marchas, mas ainda é pouco falta muito, diante da necessidade do meu povo...
    Durante todo este período, doamos sempre do resultado de nosso trabalho diário e sem pretensão alguma, sempre tivemos como meta nunca pedirmos nada, falávamos sempre que se desejassem nos dar algo desse trabalho para nossa Empresa de Engenharia e quanto ao resto saberíamos como agir, conseguimos assim atender pessoas conhecidas e pessoas anônimas.
    Hoje corre nas veias de minha neta o sangue de tantas pessoas conhecidas e tantos anônimos que talvez nunca venhamos a conhecer..., então, hoje mais do que nunca com os olhos rasos d’água e o coração apertado, clamamos ao Deus dos Céus que os abençõe e os guarde e faça resplandecer constantemente seu rosto sobre vocês e vos dê a sua paz.
    Não tenho como agradecer a tantos e principalmente aos anônimos que se pudéssemos assim o faríamos de muito bom grado Deus o sabe..., mas tenham certeza que Isabella vai honrar seus gestos posto que seus sangues agora faz parte dela, só posso agradecer-lhes dizendo que vamos continuar com a distribuição de alimentos no Nordeste posto que a fome do meu povo não pode esperar.
    “Lançamos o pão sobre as águas em Natal/RN, quando certa feita passado muito tempo o recolhemos em Fortaleza/Ce, agora no Rio de Janeiro/Rj das mãos e braços de pessoas conhecidas e tantos anônimos que tornaram-se mui amados”
    Deus é fiel e zeloso pela sua Palavra.

    Cypriano Santa Rosa

    P.s. Peço que compartilhem este agradecimento para que as pessoas conhecidas e anônimas tomem ciência.

    ResponderExcluir
  20. Oi, meu nome é Juliana, sou mãe da Ana Cecília que está com Leucemia Linfóide Aguda e a espera de um transplante de medula óssea.
    Em abril de 2011 notamos um “caroço” no pescoço da Ana Cecília, levamos no pediatra, que solicitou uma ultra som cervical, cujo resultado foi parotidite (inflamação da glândula parótida). Após dez dias de antiinflamatório o inchaço melhorou mas não sumiu. Foi então que ela ficou gripada e a glândula inchou novamente. Começou nossa peregrinação nos consultórios médicos. Só depois de ir em cerca de 15 médicos, de umas 8 especialidades diferentes, conseguimos um diagnóstico definitivo. Foi o dia em que o chão sumiu dos nossos pés. Nossa filha tinha câncer: Linfoma linfoblástico de células T. Em julho, iniciamos o tratamento em Fortaleza e a pequena Ana Cecília, sempre guerreira, surpreendeu. Respondeu brilhantemente a quimioterapia a que foi submetida inicialmente! Felicidade!
    Em fevereiro de 2012 ela entrou na fase de manutenção do tratamento. Porém, em março notamos pequenas manchas no corpinho da pequena. No começo aparentava apenas alergia, mas depois de alguns meses descobrimos que a doença tinha voltado na pele e na medula, ou seja, o linfoma tinha virado uma leucemia. Depois dessa recaída fomos informados que ela iria precisar de um transplante de medula óssea.
    Em agosto viemos para São Paulo, encaminhados para ITACI – Instituto de Tratamento do Câncer Infantil. Ela reiniciou o tratamento com um novo protocolo de quimioterapia e fizemos o teste de compatibilidade na nossa filha do meio, a Letícia. Que alegria! Fomos agraciados por Deus com 100% de compatibilidade entre as irmãs.
    Enquanto Cecília aguardava o transplante, que chegou a ser marcado para dezembro, descobrimos neste mesmo mês que a doença tinha voltado mais uma vez. Virou, então, uma corrida contra o tempo. No começo de janeiro ela reiniciou a quimioterapia. O ciclo acabou, mas ela precisará fazer mais quimio pois não há leito de transplante disponível no hospital em que ela faz o tratamento. Cecília não pode esperar!!! Não podemos correr o risco. A doença pode voltar e, pela quantidade de quimioterapia que ela já fez, mais resistente a quimioterapia. Ela pode não responder ao tratamento.
    Existem vagas disponibilizadas por hospitais particulares aqui de São Paulo, porém não temos recursos suficientes para bancar o tratamento dela. É muito triste ver a vida da sua filha depender de dinheiro. Por isso, eu e o pai dela, Ítalo, nos desfizemos de qualquer orgulho e viemos, de coração aberto, através da internet, iniciar uma campanha para arrecar doações para custear o tratamento da Ana Cecília em um hospital que tenha vaga disponível para transplante.
    Agradecemos a todos desde já.
    Juliana e Ítalo (pais da Ana Cecília)



    Para ajudar:
    Ítalo Bismarck Freitas Malveira
    BANCO DO BRASIL
    C.C. 1541-5
    Ag. 3777-x
    CPF. 018.713.064-77

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Como está o caso da Ana Cecília? Esse procedimento que ela precisa custa em torno de quanto?

      Excluir