-

terça-feira, 20 de dezembro de 2016

1128, lá vou eu!! Será?

950 páginas depois, e mais um tijolão se foi... depois de muito metrô e bicicleta, acabei o segundo livro da saga de Guerra dos Tronos – A Fúria dos Reis -  ufa!!! Pra quem não acompanha, estou fazendo o caminho inverso, pois vi a série toda, e agora estou lendo os livros... 
Outros posts Homerix sobre a série:

ATENÇÃO!! HÁ SPOILERS SÉRIOS!!!

Neste segundo livro, dois novos personagens ganham visão própria sobre o que acontece: Theon e Davos! Juntam-se então aos ‘eleitos’ (ver post) do primeiro livro, Jon, Bran, Tyrion, Daenerys, Sansa, Catelyn, e Eddard .. bem ... este último se fué no primeiro....

Que diferenças entre livro e série!!!

Os roteiristas da série apenas mantém a linha base, mas parece que têm liberdade para adotar um caminho que seja mais interessante para a TV. Mas acho que eles às vezes exageram! Eles mudam até nomes de personagens: Asha, a irmã de Theon,  no livro, vira Yara na série, pra não confundir com Osha, pode? Esta não tem perdão! Não havia a menor necessidade!!

Eles inventam relações entre personagens, mesmo envolvendo ‘os eleitos’: no livro, Arya Stark NUNCA foi criada de Tywin Lannister, NUNCA troca uma linha de diálogo com ele. Aliás, com Arya acontecem as maiores mudanças, afinal é Bolton quem está dominando o Harrenhall naquele momento, e com ele é que Arya conversa. Aliás, a tomada de Harrenhall pelos Bolton, que só acontece no livro,  é auxiliada por Jaqen, a comando de Arya, em troca da 'desnomeação' de seu nome como terceiro a ser morto. No livro, são diferentes as pessoas que ela pede para Jaqen matar, é ela mesma quem escapa de Harrenhall, matando um guarda de noite, sem ajuda de Jaqen. E os três (ela, Gendry e Hot Pie) saem a cavalo, e não a pé!!  Nossa, é muito diferente, mas admito que os diálogos Arya/Tywin são um ponto alto da temporada.

Aqui, eu peço ajuda de quem já leu, porque acho que eu comi mosca: Renly é morto, sim, por uma sombra com a forma de Stannis, testemunhado por Catelyn e Brienne, igual à série, só que, no livro, a sombra só ‘nasce’ de Melisandre, depois!!! E a sombra também mata um outro rival de Stannis, o que na série, nem aparece!!! Seria uma falha de continuidade, e eles posicionaram o nascimento no lugar errado?

Mais curtinhas sobre o livro:
  • Shae não é a aia de quarto de Sansa, e sim da filha de Lady Tanta;
  • No livro, a cabeça de Renly é cortada, e preservada na série
  • Jamie passa quase todo o tempo preso no calabouço em Riverun e não no campo de batalha, não mata primo nenhum, e não é mandado de volta por Catelyn, escoltado por Brienne, ao menos neste livro...
  • No livro, é Littlefinger quem leva os restos mortais de Eddard a Catelyn
  • Talisa, a noiva de Robb Stark, nem é mencionada no livro, enquanto que na série ela aparece amputando perna de enfermos, e conquistando o coração de Robb com sua história valente. Acabou o livro, e nada de ela aparecer!!
  • A série não passa nem perto da vigília de Cately a seu moribundo pai, Lord Hoster Tully...
  • Meera e Jojen Reed já aparecem ainda antes da tomada de Winterfell por Theon, no livro, e depois fogem com Bran, Rickon, Hodor e Osha. Na série, eles só aparecem na terceira temporada.
  • No livro, não tem roubo dos dragões de Daenerys, muito menos morre Irri, a aia que ensina o idioma Dothraki à Kahleesi
  • Já a outra aia, Doreah, quem ensina os segredos da sedução, morre no deserto, enquanto na série, se entrega ao negão de Qarth, e acaba aprisionada para sempre com ele, em seu cofre.
  • No livro, Jon Snow, ao não conseguir cortar a cabeça de Ygritte, deixa-a ir embora, e não fica naquele reme-reme da série, com direito a fugas e recapturas e a dormir agarradinho pra passar o frio e ótimos diálogos sexuais.
  • No livro, fica mais claro que a ação de Qorin Halfhand provocando Jon Snow era intencional.... na série fica meio estranho Snow matar o companheiro...
  • No livro, Tyrion é muito mais heróico quando decide tomar à frente da batalha, mata vários inimigos, até ser traído e salvo, isto é igual.
  • No livro, há muitos encontros de Ser Dontos com Sansa no Godswood.
  • A cena final da segunda temporada, com a marcha dos White Walkers, assistida por um apavorado Sam Tarly, é licença poética da série.
Bem, em linhas gerais, concordo que as modificações contribuíram para deixar a série mais interessante que o livro... mas confesso que são tantas as modificações que me fazem desanimar da nova empreitada literária.... olha só quantas páginas tem o terceiro livro!!


Jon Snow?

You know nothing, Jon Snow!!!

Nenhum comentário:

Postar um comentário