-

domingo, 10 de fevereiro de 2013

Argo tem argo de Oscar



Como disse no post....
http://blogdohomerix.blogspot.com.br/2012/12/homerix-um-fracasso-no-cinema-em-2012.html, 
fui muito pouco ao cinema em 2012, e lamentava ali, por exemplo, que não vira nem o último Batman, inadmissível para um cara como eu, admirador explícito do personagem, e, muito mais que isso, do criador da nova cara do personagem, o genial Christopher Nolan.

Bem, a partir de sábado, acrescentei mais um à lista: como é que eu pude deixar de ver, na telona, a um dos principais candidatos ao Oscar de 2013?

Falo de 'Argo' f--- yourself (pra saber o motivo do xingamento, veja o filme....).

Espetáculo! Relato  de um episódio tenso da História Americana (que interessante, mais um filme que relata um tema assim candidato a Oscar): a invasão da embaixada americana no Irã em 1979.

O filme começa a te pegar na narração inicial, espetacular, pungente, que explica o contexto da situação a que vamos assistir. Uma americana descreve sem pressa, com emoção, e em menos de dois minutos, o contexto do que vamos presenciar: a história do Irã até chegar aquele momento da Revolução Iraninana, com a volta do Ayatollah Khomeini do exílio, o asilo político dado pelos americanos ao Xá Reza Pahlevi. 

A invasão é relatada com precisão pelo diretor Ben Affleck. Você se coloca na pele dos agentes diplomáticos que lá estavam, sentindo que a coisa estava ficando preta. Espetacular! Depois, a fuga de 6 deles por uma porta dos fundos, que conseguem abrigo na Embaixada do Canadá, eles que são o motivo principal do enredo: o plano e a execução de seu resgate, conduzido por um agente americano da CIA, que é interpretado no filme, justamente por Ben Affleck.

E o plano de resgate, inacreditável, mas que deu certo, era simular que eles seriam uma equipe canadense de filmagem de um ficção científica ambientado no Irã. Então entra o clima de Hollywood do filme, e aí vem o seu ponto fraco, segundo Felipe, pois acaba aquele clima de tensão todo do começo do filme.... e depois vêm alguns recursos exagerados que o Diretor usou para dar movimento. Mas eu perdôo, totalmente! Cube direitinho.

Argo concorre a Melhor Filme,  e cinco outros Oscars, entre eles Ator Coadjuvante, o sempre ótimo Alan Arkin, que não vai levar!!

Note a música que os reféns ouvem em uma cena, ao colocar um vinil: um Classic Rock de Led Zeppelin (aliás, é o segundo candidato ao Oscar em que ouço a voz marcante de Robert Plant)

Oscar de Melhor Filme? Pode bem ser, apesar de que Ben Affleck não é candidato a Melhor Diretor, e é bem raro um filme ganhar um Oscar e seu Diretor não!  'Argo' bateu 'Lincoln' no Globo de Ouro de Drama, mas vai ter que enfrentar 'Les Miserables' no Oscar. Este último ganhou o Globo de Ouro na categoria Comédia/Musical e agora concorre à estatueta máxima. É o meu próximo alvo!!! Ou seria 'arvo'!!

3 comentários:

  1. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  2. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  3. Ben Affleck ganhou o prêmio de melhor diretor da associação dos diretores (DGA - Directors Guild of America), que reúne todos os que votam para o oscar, e nem foi indicado ao Oscar. Que contradição!

    ResponderExcluir