-

domingo, 4 de setembro de 2011

Tristes Curiosidades do Brasil


(eu ia voltar a falar de coisas mais leves, pra aliviar o clima de discussões sobre corrupção, voto secreto, sacanagem, mas recebi um email com umas 'curiosidades' que achei que mereciam divulgação, para reflexão. Só formatei um pouco mais e transcrevo abaixo...)

CURIOSIDADES:

1. Um motorista do Senado ganha mais para dirigir um automóvel 

do que um oficial da Marinha para pilotar uma fragata!
......

  2. Um ascensorista da Câmara Federal ganha mais para servir os elevadores da casa 

do que um oficial da Força Aérea que pilota um Mirage.
......

3. Um diretor que é responsável pela garagem do Senado ganha mais
  do que um oficial-general do Exército que comanda uma Região Militar ou uma grande fração do Exército e mais do que ganha um Coronel da PM que cuida da segurança da cidade em que você vive.
......
4. Um diretor sem diretoria do Senado, cujo título é só para justificar o salário, ganha o dobro
do que ganha um professor universitário federal concursado, com mestrado, doutorado e prestígio internacional.
......
5. Um assessor de 3º nível de um deputado, que também tem esse título para justificar seus ganhos, mas que não passa de um "aspone" ou um mero estafeta de correspondências, ganha mais

que um cientista-pesquisador da Fundação Instituto Oswaldo Cruz, com muitos anos de formado, que dedica o seu tempo buscando curas e vacinas para salvar vidas.
......
6. O SUS paga a um médico, por uma cirurgia cardíaca com abertura de peito, a importância de R$ 70,00,

equivalente ao que uma diarista cobra para fazer a faxina num apartamento de dois quartos.


PRECISAMOS URGENTEMENTE DE UM CHOQUE DE MORALIDADE NOS TRÊS PODERES DA UNIÃO,  ESTADOS E MUNICÍPIOS, ACABANDO COM OS OPORTUNISMOS E CABIDES DE EMPREGO. OS RESULTADOS NÃO JUSTIFICAM O ATUAL NÚMERO DE SENADORES, DEPUTADOS FEDERAIS, ESTADUAIS E VEREADORES. 

TEMOS QUE DAR FIM A ESSES "CURRAIS" ELEITORAIS, QUE TRANSFORMARAM O BRASIL NUMA OLIGARQUIA SEM ESCRÚPULOS. O PAÍS DO FUTURO JAMAIS CHEGARÁ A ELE SEM QUE HAJA RESPONSABILIDADE SOCIAL E COM OS GASTOS PÚBLICOS.

JÁ PERDEMOS A CAPACIDADE DE NOS INDIGNAR. 
PORÉM, O PIOR É ACEITARMOS ESSAS COISAS COMO SE TIVESSE QUE SER ASSIM MESMO  OU QUE NADA TEM MAIS JEITO.

Vale a pena tentar!



7 comentários:

  1. Homerix,

    Os culpados por isso tudo é a sociedade, que, em geral, tem sido omissa e/ou elege mal os seus representantes e não briga. O governo, por sua vez, em lugar de aplicar métodos de gestão eficiente e eficaz (TQM, BSC, etc), o que permitiria otimizar substancialmente os seus quadros, uso eficiente dos recursos e, por conseqüência,reduzir custos, não o faz. Por essa razão, gostou da CPMF, que foi engendrada como solução para a saúde, mas que não teve vida longa (felizmente), quer pelo desvio do propósito para o qual foi criada, quer pelo caráter de imposto adicional e da forte ambição governamental pela sua perpetuidade, sem quaisquer contrapartidas para o cidadão. Não devamos esquecer que o próprio governo brigou pela manutenção da CPMF, pois romper com a cadeia de beneficiários do viciado modelo que está vigendo, como alguns poucos exemplos que você apontou, tem um custo político muito alto. Pela mesma razão, não se trabalha uma reforma tributária e fiscal séria, que traga como conseqüência a eliminação dos drenos que hoje desviam ou mal uso fazem dos recursos arrecadados. É mais fácil apertar o cidadão do afetar ou ferir "susceptibilidades e interesses escusos". E, assim, la nave va. E o governo concentra o esforço em reformas paliativas, como a ortográfica, que não serve para grande coisa...

    ResponderExcluir
  2. Homero,
    quando cheguei ao 6º item me deu um acesso de riso, pois só assim pra digerir tal informação. Já imaginou num certo dia você precisar de uma faxineira e aparece um senhor "de branco" para a entrevista? E ainda oferecer um auxiliozinho médico durante o serviço, caso precise? Não vou falar que tenho saudade do tempo dos militares, pois era muito criança, mas bem que uma "Faxina" no Congresso não seria nada mau. Agora me veio á mente a notícia..."Tiririca consegue provar que saber ler e escrever..."
    Abraço
    Joubert

    ResponderExcluir
  3. além de tristes curiosidades eu diria lamentáveis, imorais e absurdas!

    ResponderExcluir
  4. Homerix... estou com o nosso amigo Pitigrilli, quado vaticinou que tudo deve ser discutido... quanto a isso não há discussão... é exatamente o caso em questão... não temos mais o que falar... todo já foi sobejamento dito... resta agir!!!!!!!
    AÇÃO... ação e ação... Quem toma?
    Paulus

    ResponderExcluir
  5. Quando visitei o Peru este ano, a turismo, puxando papo com alguns locais perguntei das eleições que ainda estavam por vir, quais as chances e as visões dos dois candidatos. O que ganhou vindo de correntes mais de esquerda e a filha do Fujimori.

    Curiosamente, um Senhor que perguntei me deu uma versão que desconhecia da história Peruana. Ao falar sobre Fujimori, ele disse acreditar que a filha teria um desempenho e comportamento muito diverso do pai. Quanto ao Alberto Fujimori, sua opinião foi bem surpreendente ao menos para mim.

    Disse-me que Fujimori havia sido um ditador, criticado fortemente por seu particular estilo de governo, sendo qualificado como autoritário, em especial depois do chamado auto golpe de 1992. Entretanto, segundo este Senhor, o tal golpe, teve aspectos positivos. Mesmo sendo contra a posição anti democrática, ao dissolver o congresso e mudar a forma da casa, eliminou um antro de corrupção que lá existia e que muita coisa também mudou para melhor no Peru a partir dai. Segundo ele, o caminho foi errado, mas o resultado foi positivo.

    É uma visão pessoal, obviamente.

    Desconheço detalhes, mas as vezes penso seriamente quais as esperanças deste nosso Brasil com o Congresso atual. O que por lá está em votação é só de interesse deles, aumentar o número de Estados, senadores e deputados. O Tiririca não tem razão... a coisa só piora a cada dia, a cada eleição.

    O perdão concedido a Sra Jaqueline Roriz foi vergonhoso, na calada do voto secreto.

    As vezes penso que infelizmente a única solução para os males de nosso congresso seja por aqui um Fujimori cover. Por mais que considere filosoficamente a democracia o melhor caminho para a sociedade, nosso exemplo Brasileiro só me leva no concreto a pensar o oposto.

    Meu falecido pai contava uma história em forma de lenda, de uma batalha da época do Império Romano, em que Julio Cesar tinha sofrido ferimentos nos ombros que estavam em carne viva. (Sim, naquela época os lideres iam para as batalhas e não ficavam no ar condicionado). No acampamento, em pobres condições de higiene, moscas estavam pousadas sobre seus ferimentos quando um assecla puxa saco se aproxima e afasta as moscas. Eis que Julio Cesar solicita ao assecla que não fizesse aquilo e na sua sabedoria esclareceu o motivo.

    "Assim como no nosso Senado, estas moscas que aí já estavam pousadas, já estavam saciadas e sugavam meu sangue só quando necessitavam de mais. Ao abanar, outras ocuparão estes lugares com mais fome e sede de meu sangue."

    A cada eleição é o que vejo acontecer no Brasil mesmo na pouca renovação que acontece.

    ResponderExcluir
  6. Exelente post! Vou me abster de comentários porque não adianta. Sempre batemos no congresso e ele continua o mesmo. O problema não é só o voto. A falta de sensibilidade e de caráter já começou a atingir o judiciário, que é composto por elementos que não são eleitos (diretamente) por nós. A solução é divulgar este e-mail o máximo possível, pois só com a indignação de todos é que temos chance de uma mobilização efetiva.

    ResponderExcluir
  7. Darwin Magnus Leite11 de setembro de 2011 19:28

    Nosso país inverteu a ordem natural dos valores que fundamentam a vida nas sociedades modernas.Parece que estamos mesmo na contra-mão de tudo que é coerente e normal. Espero que as pessoas se indignem e manifestem isso nas próximas eleições.

    ResponderExcluir