-

terça-feira, 23 de setembro de 2008

Mônica e os ingressos

Boechat, felizmente você encerrou com chave de ouro o papo com ela hoje.
         
Eu já havia me coçado à época do Roberto e Caetano mas decidi não reclamar das DIVERSAS vezes em que La Bérgamo  perdeu o meu tempo de ouvinte falando do problema dos ingressos. Mas, como eu não gosto de reclamar, deixei pra lá. Prefiro dar meus alertas, minhas sugestões.

Só que agora, ela volta à carga com Madonna!!! 


Será que o país está sem assunto para instigar a perspicaz colunista investigadora?                  

Você não conseguiria bloquear uma pauta destas?

Eu notava tanto no episódio do Municipal, como notei agora, um certo desconforto de sua parte, ao interagir com ela sobre este irritante assunto!

Impressão que foi felizmente confirmada pela sua reação ao final, hoje, desancando com a insanidade, e indiretamente, com o assunto!

Ressalvo que os únicos seres viventes que mereceriam um esforço insano como o descrito seriam os Beatles viventes! David Gilmour e Roger Waters também! E mesmo assim, se ela viesse com essa história de novo, mesmo com relação a meus ídolos, eu abominaria uma perda de tempo deste jaez.
                
Sei que esta você não vai registrar no ar, com já fez várias vezes, mesmo assim, vai na linha do alerta. E, se puder responder-me, agradeço.

Um Abraço e desculpe o desabafo!  

Homero Raramente Irritado Ventura

Ah! Acabo de finalmente ouvir alguém reclamar da cruzada do Atlântico do óbvio lulante! Finalmente!