-

quinta-feira, 20 de maio de 2021

Kardec

 

1

O menino nasceu em Lyon, França.

O ano, Mil Oitocentos e Cinco.

Na Suíca, aprendeu com Pestalozzi.


Da Educação, foi ponta de lança.

Doou seu tempo a todos com afinco.

Contador, pedagogo, virtuose.


2

Seu conhecimento era variado,

E mais de 20 livros escreveu.

Mas toda essa sapiência foi antes


De sentir-se como que convocado,

No momento em que ele se rendeu

Ao fenômeno das mesas girantes.


3

Isso foi aos quase 50 anos.

Ele viu que um efeito inteligente

Implicava causa de igual valor.


Então, mudou de sua vida os planos,

Empreendeu rotina diligente:

Tornar-se-ia O Consolidador!



4

O seu nome real era Hippolyte

Deu-se o nome ‘de guerra', Allan Kardec.

Na realidade, era um nome de Paz.



A sua missão é um real convite

Para que se ponha o passado em cheque,

E que se deixe o que é ruim para trás.



5

É nascer, morrer, renascer ainda,

Progredir continuamente é o lema.

Deixar comandar o coração.



A nossa vida real é infinda!

E muito direta é a lei suprema:

Sem caridade, não há salvação


6

Não se atribua ‘caridade’ ao ato

De dar o que se tem a quem não tem.

É muito mais abrangente e geral.


É amar a seu próximo de fato,

É mais fazer o bem sem ver a quem,

É doutrina puramente moral!


7

Em cinco livros, ele resumiu

Inovadora fé raciocinada,

Que foi ditada pelo outro mundo.


E se dedicou de forma febril,

Porque sabia que era tudo ou nada,

Para deixar um impacto profundo.


8

Foram três anos de intensa pesquisa

Empregando método da Ciência

Porque mão na cumbuca ele não mete.


Do Espiritismo, vestiu a camisa.

E veio o ano da Luminescência:

Mil Oitocentos e Cinquenta e Sete!



9

Os Espíritos, mostrou no primeiro.

Os Médiuns, explicou no Livro 2.

O Evangelho, traduziu em seguida.


No quarto livro, seguiu altaneiro

Destrinchando Céu e Inferno e, depois,

Trouxe a Gênese, origem da vida.


10

O pentateuco foi grande sucesso,

Mas também foi pesada a sua cruz:

Sobre ele, ouviu lagartos e cobras,


Mas logrou pavimentar no processo

A mensagem deixada por Jesus:

A cada um, segundo suas obras!



11

Em 12 anos de dedicação,

Conseguiu gerações de seguidores

Da doutrina espírita racional,


Trazendo a Terceira Revelação.

E enfrentou com garbo os detratores

Deixando-nos um legado sem igual.


Obrigado, Allan Kardec!

11 comentários:

  1. Brilhante lembrança e homenagem.
    parabéns, mas, poderiam ser 12 tercetos, pois 12 foram os anos de pesquisa, estudos e entrega a salvadora doutrina

    ResponderExcluir
  2. Que lindo Homero, linda homenagem a Kardec. Viva a poesia e que a sua flua sempre.

    ResponderExcluir
  3. Que lindo Homero, linda homenagem a Kardec. Viva a poesia e que a sua flua sempre.

    ResponderExcluir
  4. Você conseguiu traduzir de forma poética a bela filosofia do espiritismo, que eu admiro!

    ResponderExcluir
  5. Luiz de Oliveira22 de maio de 2021 13:20

    Linda homenagem
    E muito merecida
    Parabéns pelo belo trabalho
    Você é incrível

    ResponderExcluir
  6. Homenagem de primeira. Parabéns!

    ResponderExcluir
  7. Muito lindo Homero,que bela homenagem a Kardec.

    ResponderExcluir
  8. Excelente homenagem ao mestre de Lion que compilou ensinamentos sublimes. Parabéns!!!

    ResponderExcluir
  9. Bela homenagem a um ser de luz
    Obrigado

    ResponderExcluir
  10. O poeta Homero. Pois é, rapaz, grande homenagem a um grande homem, sem dúvida. Eu frequentava um centro espírita, mas parei com a pandemia. Não sou seguidora da doutrina. Então, podem pensar, o que vou fazer lá? Vou ver os espiritos ora! rs rs rs. E doar alguma coisa porque poodemos doar muito enquanto estamos lá. E também vou receber...e recebo. O clima é bom, é tudo suave...o relaxamento me dá certa paz, me faz bem por dentro.

    ResponderExcluir