-

sábado, 18 de julho de 2015

O troca troca sapiens


Neste post, eu apresentei um livro espetacular
http://blogdohomerix.blogspot.com.br/2015/07/sapiens-todos-tem-que-ler.html

E aqui, um primeiro extrato...
http://blogdohomerix.blogspot.com.br/2015/07/sapiens-e-o-parto-do-homo-idem_17.html

Agora, neste segundo capítulo, começo a destacar o dinheiro.... aqui, na sua primeira forma, o escambo, a troca de coisas de interesse mútuo, eu tenho isso e quero aquilo que você tem e vice-versa e a gente transaciona. Aqui neste texto, com a clareza de exemplificar as coisas que caracteriza o livro inteiro, Harari deixa tudo muito claro, novamente. O exemplo é de um Sapiens da era agrícola que planta maças, precisando de sapatos novos e visita o sapateiro.... veja como Harari explica a dificuldade que eram aqueles tempos....


hahahaha que exemplos magníficos.... e por aí ia a leitura, sempre me prendendo a querer ler sempre mais...

4 comentários:

  1. Muito bom! É fascinante procurar a raiz das coisas.

    ResponderExcluir
  2. Alessandro Gomides20 de julho de 2015 11:50

    Praticamente, deixa para o leitor concluir por si sobre a importância da moeda. Muito legal!

    ResponderExcluir
  3. Homerix,

    Parece que troca-troca foi a motivação que impulsionou os casos que emergiram com a Lava Jato. Ou não? Vejamos, enquanto doadores e donatários se esmeram em justificar para a Lava Jato, quanto as origens das doações aos políticos, a Sociedade deseja entender a motivação de tanta generosidade. O que é que querem mesmo em troca? Estamos saturados de explicações e eufemismos, que se utilizam para dar a volta na questão fundamental: por que empresários e empreiteiros têm tanto interesse em doar aos políticos? Por quê não dedicam doação com a mesma ênfase, freqüência e magnitude à educação, por exemplo?

    ResponderExcluir
  4. Homerix,

    Sua postagem aguçou o meu interesse pelo livro, mas ainda não o encontrei por aqui.

    Por outra parte, encontrei o livro "Fifa Mafia - La historia criminal de la organización deportiva más grande del mundo", de Thomas Kistner. Recomendo.

    ResponderExcluir