-

domingo, 2 de março de 2008

Ana Lúcia e Roberto Porto – 40 anos

Muito cedo, Ana Lúcia deixou
A vida de solteira para trás,
E num Porto Seguro atracou!
Foi quarenta anos atrás.

Em 10 anos, fecharam a conta:
Ana Carla veio primeiro;
Com Sílvio, pensaram estar pronta;
Mas Flávio quis ser o terceiro!

Roberto sempre teve destaque.
Pelo Brasil, com martelo na mão.
Conseguiu escapar do Iraque,
Mas da Líbia, não deu não!.
     
E lá se foram com todo mundo,
Para o mundo do 'tudo falta'.
Se o desespero era profundo,
Podiam escapar até Malta.
                                           
De Brasil, foi só um pouquinho,
Logo partiram pro norte.
Só o tempo de virarem padrinhos,
Fruto de uma amizade forte
      
Na Noruega, muito frio passaram.
Foi tudo bem, graças a Deus!
Mas só que Ana Carla deixaram!
E lá chegou o querido Matheus.

Porto cansou dessa vida
De visto em viagem oficial!
Se fixou na Lagoa querida
E voltou pro E&P Nacional.

Logo veio a aposentadoria,
Mas não virou um velho babão!
E aceitou com muita alegria
O convite da Queiroz Galvão.

Quando tudo parecia tranqüilo,
Um exame disparou um alarme!
Ana Lúcia efrentou sem vacilo
A batalha com muito charme!

Arrumou uma força ferrenha
E a luta não foi inglória!
Ajudou uma esperança prenha,
Concentrada na neta Vitória.

Só Flávio ficou no Rio.
Pros pais foi pura sorte.
Mas quando bate aquele vazio,
É ponte aérea pro Mar do Norte!
         
Que sejam muito felizes
Por outros quarenta anos!
Que esqueçam as cicatrizes!
Que façam muitos planos!
    



Homero e Neusa

Nenhum comentário:

Postar um comentário