-

sexta-feira, 31 de agosto de 2012

Arcos da Lapa nº 11, Centro

Lindo arco-íris surgiu aqui no centro do Rio

Parece que a ponta do arco-íris morre exatamente num endereço
que está começando a ficar famoso...

Arcos da Lapa nº 11, Centro


Esta vem a ser a 1ª frase do 1º Capítulo de 'A Arma Escarlate', de minha filha Renata.

Estranho o endereço, né? É o que também acha Idá Aláàfin, um personagem do livro, que o procura desesperadamente, como porta de salvação de sua vida, remetido que foi para lá por uma carta que recebeu da maneira mais inusitada possível...

Curioso? Leia o livro!!!

Aliás, se está curioso mesmo, siga lendo o post...

O livro? Vai bem, obrigado, mas segue seu caminho difícil. Está terminando a 1ª Edição. Tem sido bem recebido por todas as idades. Muitas resenhas positivas, mas ainda falt AQUELA resenha DAQUELE crítico literário DAQUELE veículo de comunicação. Se souber de algum caminho que se chegue a ELE, me avise!!

Além das boas resenhas, Renata vem recebendo pelo Facebook, muitas demonstrações de carinho. Gente que declara ser o melhor livro que leu, gente que manda desenhos dos personagens, sugestões de capa, enfim. E até gente que agradece por Renata existir!

Veja só esta última, que apareceu no Facebook.

E a garota disse:

"Lendo seu livro, Renata,
 tive que parar várias vezes para dizer isso!!

Obrigado!!!"
Ainda curioso com aquela história dos Arcos?

Posso matar parte de sua curiosidade!

Aqui, um trecho do Capítulo 1 de A Arma Escarlate: A Noite do Camaleão

-------------------
Arcos da Lapa, no 11.
Arcos da Lapa, no 11... Idá repetia mentalmente, ainda ofegante.

Que tipo de endereço era aquele? Os arcos da Lapa eram um monumento, não uma rua.
Caminhando um pouco trôpego, tentava ignorar a ardência nas pernas. Os cortes tinham voltado a sangrar e a mochila pesava mais do que nunca em suas costas, apesar de não comportar mais do que alguns cadernos. Já passava das quatro da madrugada, mas os bares permaneciam abertos nas ruas imundas do centro da cidade. Pessoas cantavam e dançavam nas calçadas, esbaldando-se em fritura e cachaça, soltando gargalhadas como se nada no mundo as preocupasse.
Em um dia normal, Idá até poderia ter considerado juntar-se à bagunça.
Mas aquele não era um dia normal e Idá não estava no clima para festejos. Como poderia estar?
Seguindo pelo meio da avenida, tentava transferir a tensão para a moeda de prata que revirava entre os dedos. Era uma moeda bastante grande, com um sujeito gordo e esquisitão estampado em ambas as faces. O rosto lhe era familiar, mas não se lembrava onde o vira antes.
Também, pouco importava. A moeda era só uma desculpa idiota para ele pensar em outra coisa.
O que diabos ele estava fazendo ali? Era maluquice!
Aquela carta tinha tudo para ser uma armadilha. Uma armadilha meticulosamente planejada para arrastá-lo a um lugar escuro e deserto onde pudessem dar cabo dele sem muitas testemunhas.
--------------------------------


O resto .... só lendo!!!

Quer saber mais sobre o livro?

     Neste link:

quinta-feira, 30 de agosto de 2012

Viva a Justiça!!!!

Gente, que felicidade!!

Está terminada a votação do Supremo contra os primeiros réus. Falei sobre o começo da votação, com o voto do relator Joaquim Barbosa e do revisor Lewandowski neste post (A gente vai Lewando no Ówski) - link.

Agora, após o 4º dia, o resultado já é claro... quer dizer, há  a possibilidade regimental de juízes reverem seus votos, mas é difícil!

Até 4ª feira, faltava o voto de mais CINCO juízes a respeito de Luis Paulo Cunha, Marcos Valério e alguns asseclas. A condenação estava encaminhada (4x2) com a votação do primeiro dia, mas faltavam ainda DOIS votos para confirmá-la. Os quatro condenantes foram Barbosa, o brilhante relator, Rosa Weber, Carmen Lúcia e um surpreendente Luis Fux (a razão do adjetivo, está mais embaixo). Os dois absolventes? Quem duvidava de que o Toffoli  acompanharia Lewandowski e absolveria Luís Paulo Cunha, seu ex-companheiro de partido?

Depois, eu temia apenas pelo voto dos ministros 'De Mello' (Marco Aurélio e Celso), afinal, esse Mello com dois 'eles' me assombra há mais de 20 anos. Temeria Gilmar Mendes mas não temia mais, após a trapalhada de Lula, que sugeriu a ele o adiamento do julgamento, em maio, e foi devidamente rechaçado. Em Ayres Britto e no aposentante Pelluzo, eu tinha confiança!

Felizmente, todas as expectativas finais foram confirmadas. Os Mellos, Gilmar Mendes e do aposentante Pelluzo, no último voto de sua carreira, votaram pela condenação, assim como o presidente Ayres Britto, que votou hoje. Foi 9x2 contra todos eles, nos principais crimes julgados!!! E algumas penas, já decretadas! Prisão de 6 a 16 anos!!! Espero que sejam cumpridas!!! E que recursos sejam retornados ao erário público!!!

Agora, a razão do adjetivo 'surpreendente' lá de cima. Destaco aqui, para celebrar, além do voto pela condenação, uma excepcional fala do Ministro Luis Fux!!!!  Logo ele, que recebi com raiva e ironia quando foi indicado por Dilma há 2 anos, e até fiz um post com título trocadílhico: Tamu Fux (neste link). Afinal, ele acabara de desempatar uma decisão, votando contra o Ficha Limpa.

A fala de Fux expressa exatamente o meu pensamento sobre o efeito da corrupção!
A cada desvio do dinheiro público, mais uma criança passa fome, mais uma localidade fica sem saneamento, mais um hospital fica sem leito. Estamos falando de dinheiro público. O dinheiro público é destinado à ciência, saúde e educação”.


Minha definição: Corruptos são assassinos do presente e inimigos do futuro!

Acho que ele não precisa falar mais nada!!

Aliás, nem eu! Apenas um ...
 "Obrigado, Ministro Fux!"
E, depois do resultado, quero ver a cara dos advogados que se esbaldavam de rir depois do voto do revisor.... 

Viva a Justiça!!!! 

quarta-feira, 29 de agosto de 2012

Os ANI+ em ação

(ou apenas um deles...)

Homenageei na semana passada uma Gerente de Comunicação que deixava nosso departamento depois de 10 anos de bons servicos prestados, com um depoimento! Exaltei-lhe os feitos, baseados em fatos, no texto do post que anexo aqui (link).

Um dos feitos foi a integração que ela conseguiu, com a promoçâo de bem sucedidos eventos chamados INTEGRANI, que vem a significar INTEGRA ANI, sendo ANI a sigla de nosso departamento. Num deles, convocou os cantores de banheiro, os dançarinos de espelho, instrumentistas amadores, poetas malditos, chefs e enólogos da força de trabalho, para que mostrassem seus talentos reprimidos.

Eu, que achava que cantava bem, juntei-me a Daniela, que realmente canta, e Haddad, Paulo, Christiane e Leandro, instrumentistas, e formamos uma banda chamada...
Genial o título da banda, não? Foi criação de Paulo, e até hoje invejo sua criatividade, e bato a cabeça na parede por não ter tido a ideia, logo eu que adoro trocadilhos...

No evento, eu cantei 'Le It Be' e ela 'Já Sei Namorar', além de fazermos backing vocal um pro outro! Ao ver o vídeo do show, entretanto, cheguei à conclusão de que eu estava errado ao achar que cantava bem... Mas isto não vem ao caso.. Eis aqui um registro do evento!!


O que interessa é que a parte vocal dos ANI+ que canta realmente bem vai cantar no Bar do Tom, na próxima 2ª feira, 3 de setembro. O evento chama-se Cantoterapia em Palco Aberto.

Estarei lá para prestigiar Daniela!!


E salve os    ANI+

sexta-feira, 24 de agosto de 2012

A gente vai lewando ... no ówski!!!

Comendo o meu mamão de hoje, dou de cara com esta foto, n'O Globo....


Pra quem não conhece, são alguns dos mais notórios advogados dos réus da Acão Penal 470  (link), mais conhecida como Mensalão.O que está com o sorriso deslavado mais à esquerda é o nosso ex-ministro da justiça (minúsculas propositais) Thomas Bastos, de quem falei neste post (link), que estava defendendo o Cachoeira!

O Boechat bem disse de foto semelhante no Estadão (não sei se é a mesma): uma imagem vale mais que mil palavras. É realmente o escárnio absoluto!!

O ministro (minúscula proposital) revisor Lewandowski começou a fazer o que se esperava dele. Absolveu José Paulo Cunha, do PT, de todas as acusações, indo contra o voto do Ministro Relator Joaquim Barbosa, que segue fazendo o que se espera dele.

Foi por água abaixo a esperança do dia anterior em que o mesmo ministro revisor votou pela condenação do diretor do BB Pizzolato. Cheguei a comentar no almoço: de ontem 'Cê viu só o Lewandowski?' ... ao que meu interlocutor disse, sabiamente:
'Calma. Muita água vai rolar!!!'
Poxa... não durou nem 24 horas...

Vamos aguardar a votação dos demais juízes, para ver quem é quem naquele colegiado!!

Ah, sim, deixa eu dar um destaque positivo para a cobertura da Globo desse julgamento.

Seguimos atentos!

Homerix

quinta-feira, 23 de agosto de 2012

INCA pede socorro!!!

No começo deste ano, fiz uma campanha para transplante de medula, que felizmente foi bem sucedida.

Agora (e sempre), um pedido de socorro, do INCA - Instituto Nacional do Câncer.

Se você não é do Rio, não importa. Certamente sua cidade também é deficitária nesse produto, que é facílimo de obter, e só requer um pouco de

Amor ao Próximo

Repasse a mensagem para quem vocês puderem, pois a situação do Instituto Nacional do Câncer é realmente dramática. Eles não têm sangue, nem doadores. Já saíram notas nos jornais e pouco adiantou.


O Instituto Nacional do Câncer - INCA - está precisando urgentemente de doadores de sangue.
O banco de sangue está quase vazio e o Hospital enfrenta dificuldades, até para marcar  cirurgias, muitas vezes, precisando recorrer a outros bancos de sangue da cidade, que também passam pela mesma dificuldade: falta de doadores.
A transfusão de sangue para pessoas com câncer é muito importante.
Sem ela, muitos pacientes não conseguiriam sobreviver aos tratamentos que envolvem drogas pesadas.
Para doar, basta chegar na portaria do Hospital com sua carteira de identidade ou qualquer documento
similar, apresentando- se como doador.

E veja bem!!

NÃO vá em jejum, alimente-se de coisas leves e não gordurosas (evite derivados de leite), evite o álcool por pelo menos 12 horas.
Você deve estar em boas condições de saúde, ter entre 18 e 60 anos e pesar 50kg ou mais.
Esta mensagem pode alcançar muitos doadores, se você enviar agora para outros endereços.
Por favor, colabore. Faça a sua parte! Muitas vidas agradecem.


Os endereços do INCA:
Instituto Nacional de Câncer - INCA -
Hospital do Câncer I
Pça. Cruz Vermelha, 23 - Centro - Rio de Janeiro - RJ CEP: 20230-130

Hospital do Câncer II
Rua Equador, 831 - Santo Cristo - Rio de Janeiro-RJ CEP 20220-410 

Hospital do Câncer III
Rua Visconde de Sta. Isabel, 274 - Vila Isabel -Rio de Janeiro-RJ CEP 20560-120 

Mas, em verdade, em qualquer lugar que você doe sangue, estará ajudando o sistema como um todo. Todos se conversam e se ajudam. Se estiver  sobrando em um local, vai ser ofertado a outro..

Mãos à obra, na verdade, braços!!!

Homerix Sangue Bom Ventura


quarta-feira, 22 de agosto de 2012

Recopa e Reclamo

1. A Copa
Pode até não valer nada, tratar-se de um caça-níqueis, mas o fato é que o meu Santos, como Campeão da Libertadores de 2011, estará hoje em Santiago para o primeiro jogo da Recopa, contra o Universidad de Chila ('La U').

E jogou com o time completo, com a quase re-edição dos Meninos da Vila de 2010 (que saudade!!), só que André não jogou nada, Ganso estava apagado, e o sub do Robinho, o garoto argentindo Patito Rodriguez também não brilhou!! Neymar esteve sempre presente, mas perdeu um penalty pois escorregou na hora H. Mas se tivesse feito aquele gol no final, por cobertura.... (aqui, neste link!)

Quem tem Fox Sports, pode ver o jogo!

2. O Clamo
Chega a ser ridículo o nível de atenção que se dá ao reclamo do Corinthians, por causa do gol em triplo impedimento que ajudou o Santos a vencer no último domingo. Temos que aguentar ouvir Tite dando ataque de pelanca frente aos microfones (adorei a definição do Boechat, ontem). A CBF puniu o bandeirinha e PEDIU DESCULPAS ao Corinhtians. Pode um negócio desses? Então imediatamente deveria PEDIR DESCULPAS por todos os erros de arbitragem que acontecem em todas as rodadas. Especialmente PEDIR DESCULPAS ao Internacional por terem garfado o título de 2005, justamente contra o próprio Corinthians!!!




Sai pra lá!!

terça-feira, 21 de agosto de 2012

Mensagem a Márcia!!!


Amigos,

Em meu primeiro contato com Márcia, fui recebido com um olhar preocupado. Foi em 2004, quando ela veio assumir a recém-criada Coordenadoria de Comunicação da Internacional, que ficava sob meu comando. Quando ela chegou, vinda da Argentina, foi recebida pelo nosso chefe, que me chamou à sala, e disse: este é o seu chefe imediato, o engenheiro Homero Ventura. Na profissão, o motivo da preocupação... afinal, o que um engenheiro poderia entender de Comunicação??!! Felizmente, logo ela percebeu tratar-se de um engenheiro diferente. E eu logo vi que muito aprenderia com ela, nessa área fundamental para o sucesso de qualquer empresa ou empreitada. Vale a grande máxima do velho guerreiro... quem não se comunica ....

Em menos de seis meses em que travamos algumas batalhas homéricas (!),  transformamos rapidamente o relacionamento chefe/subordinada em amigo/amiga. Durante nossa breve convivência direta, para falar de fatos, ela reformulou o Jornal da Internacional e deu um jeito na nossa Intranet.  Muito me lembro das reuniões de pauta, em que aprendi, e aprimorei meu conhecimento sobre termos como 'olho', 'destaque', 'manchete', e outros. Pouco, em comparação com o que viria depois.  Logo, eu fui traçar outro caminho, e ela também, e também para cima, quando reconheceram sua atividade ser merecedora de um título mais condizente.  E tornou-se a primeira Gerente de Comunicação da Área Internacional.

Impressionada com o desconhecimento da força do trabalho doméstica sobre a participação da empresa fora de nossas fronteiras, criou a 1ª Semana Internacional da Petrobras, um sucesso absoluto, trazendo os dirigentes de empresas no exterior para palestras sempre concorridas no Auditório Central do EDISE, além de trabalhadores locais das 4 cantos do mundo, para mostrarem seus costumes, suas ideias, seus sonhos. Nesse campo do relacionamento doméstico/internacional, ela também se preocupou com o lado reverso da moeda: Márcia foi responsável por levar sua técnica àqueles lugares, para fazer com que os empregados locais soubessem EM QUE empresa eles trabalhavam, ainda que a milhares de milhas distantes, e neles despertasse a consciência do tamanho do compromisso que era VESTIR A CAMISA da Petrobras, mesmo nas posições mais humildes. Ela ajudou a levar a imagem da Petrobras aos locais aonde a Petrobras estava, mas não se preocupava com isso.

No âmbito da Sede, Márcia sentiu que nem mesmo nós, que trabalhávamos aqui, nos conhecíamos. Em que pese trabalharmos em poucos andares de um mesmo edifício, as distâncias pareciam quilométricas. E criou o INTEGRANI. Bem, na verdade, o evento já existia, mas não cumpria o compromisso a que se prestava: o de Integração! Com Márcia, os eventos começaram a ter mais substância. Logo no primeiro, promoveu um talk-show, comandado por profissional de TV, onde pessoas vinham contar suas histórias internacionais. Depois, incitou a que demonstrássemos nossas habilidades extra-profissionais, primeiro com um festival de música, depois com teatro, usando até mesmo um diretor profissional para nos dirigir. Isso sem contar as inúmeras celebridades que trouxe, como motivadores da Força de Trabalho.

Até mesmo as cerimônias curriculares, como as Festas de Fim de Ano e, principalmente, as Cerimônias de 10, 20, 30, e até 40 anos de empresa, começaram a ser feitas de maneira profissional. Eu digo especialmente as últimas, porque o momento de celebração de tempo de casa é muito especial para os celebrados, e após Márcia, ela deixou de ser aquela burocrática entrega da escudinhos e relógios, houve sempre uma produção, com depoimentos, que sempre emocionavam os homenageados.

Isso se chama Comunicação Interna, na acepção da palavra!

Foram tantas emoções (!), e realizações, e além de tudo, foi sob sua administração, afinal,  que 'O tatu saiu da toca'. Na verdade, é o nome de um livro, de altíssima qualidade editorial e programática, em que se contaram os fatos notáveis de nossa internacionalização, neste ano completando 40 anos, além de 'causos' impagáveis de nossas peregrinações pelo mundo em nome de nossa grande empresa. O nome do livro foi extraído de um telex (!) de 1974, que anunciava, em linguagem código, o resultado do teste do poço descobridor de um gigante campo de petróleo no oriente médio.

Sobre a pessoa da Márcia, nem preciso me estender mais do que nosso amigo Ricardo aqui embaixo. Não que ele tenha esgotado as qualidades dessa pessoa que entrou em nossas vidas há menos de 10 anos. É que as palavras dele já foram suficientes para nos fazer ver que, nos outros caminhos por onde ela passou, ela deixou a mesma boa lembrança em todos.

Para você, Márcia, desejo o meu 5S particular.

Não, não se trata daqueles nomes japoneses!

É Sorte, Saúde, Sucesso, Sossego e ... Saravá










Salve simpatia! Sucesso é o seu destino, o rumo certo de uma mulher que sabe o que é 'Comunicação'.

Querida Márcia Figueiredo, quero reconhecer para todos, o quanto você soube gerenciar bem a Comunicação da Área Internacional nos anos em que tive o privilégio de trabalhar com você. Não é para qualquer um, saber reconhecer vocações, integrar uma equipe e trabalhar como uma maestrina, regendo uma orquestra afinada. Tudo isso visando, com clareza, o sucesso de imagem da empresa junto aos seus públicos de interesse, no Brasil e  nos países onde a PETROBRAS atua. Para mim é motivo de orgulho ter feito parte do seu time vencedor na Comunicação da ANI, uma equipe que batia um bolão.

Te conheço desde os anos 80, quando eu era repórter do Jornal do Brasil (Política e Caderno Cidade) e você visitava nossa redação, na Avenida Brasil, no prédio em que hoje funciona o Hospital INTO. Você entrava no recinto e os teclados dos computadores e o burburinho se silenciavam. Tudo por causa da sua presença marcante, elegância e sorriso cativante.

Ao lado do glorioso assessor de Imprensa da PETROBRAS, o saudoso Carlos Pinto, você circulava pela redação do JB com desenvoltura, conversava com todo mundo e sempre colocava o nome da PETROBRAS acima de tudo, atendendo aos jornalistas com a maior presteza, tanto quando te solicitávamos por telefone, quanto nas coletivas do EDISE. Você é muito querida por todos nós. Nos encontros da 'ex-redação' do JB, no bar Fiorentina, quando digo que trabalho hoje na PETROBRAS, sempre me perguntam por você.

Um forte abraço, de coração. Estenda meus cumprimentos ao seu marido e filhos. A toda a sua bela família, que merece curtir o sucesso dessa mulher trabalhadeira, guerreira, mãe e amiga.

RICARDO


Os Beatles e o Flamengo

Há 45 anos, os Beatles ... mais especificamente John Lennon ... lançaram um brado, que junto à música, transformou-se em hino, um hino da paz, dizeres que eu adoto e defendo, sobre o qual escrevi aqui... 


Hehehe, essa menção ao grande (e pequeno) Mestre Yoda, na inversão existente no refrão, foi demais não??? Sempre invertendo a ordem das palavras, em seu inconfundível estilo!!

Bem, nestes tempos de hoje, parece que outras pessoas, aliás um grande grupo de pessoas, está entoando esse hindo com mais razão: a torcida do Flamengo!!! Afinal, a única peça ofensiva do Flamengo, o centro-avante Wagner Love, vem resolvendo os jogos do time, e já é o artilheiro do campeonato.

Entretanto, parece que a diretoria do clube não compactua com a torcida, afinal, anunciou que vai trazer Adriano de volta!! Mesmo depois das sucessivas e insistentes provas de que que ele não quer mais nada com a bola... ao menos com a bola de couro!!!

Sinceramente, tenho pena do Flamengo.

Aliás, não tenho pena nenhuma... quer se afundar que afunde!! E continua pagando R$ 400 mil de salários ao Deivid.

Homerix





Despedida de MarciANI

Amigos,

Em meu primeiro contato com Márcia, fui recebido com um olhar preocupado. Foi em 2004, quando ela veio assumir a recém-criada Coordenadoria de Comunicação da Área Internacional, que ficava sob meu comando. Quando ela chegou, vinda da Argentina, foi recebida pelo nosso chefe, que me chamou à sala, e disse: este é o seu chefe imediato, o engenheiro Homero Ventura. Na profissão, o motivo da preocupação... afinal, o que um engenheiro poderia entender de Comunicação??!! Felizmente, logo ela percebeu tratar-se de um engenheiro diferente. E eu logo vi que muito aprenderia com ela, nessa área fundamental para o sucesso de qualquer empresa ou empreitada. Vale a grande máxima do velho guerreiro... quem não se comunica ....

Em menos de seis meses em que travamos algumas batalhas homéricas (!),  transformamos rapidamente o relacionamento chefe/subordinada em amigo/amiga. Durante nossa breve convivência direta, para falar de fatos, ela reformulou o Jornal da Internacional e deu um jeito na nossa Intranet.  Muito me lembro das reuniões de pauta, em que aprendi, e aprimorei meu conhecimento sobre termos como 'olho', 'destaque', 'manchete', e outros. Pouco, em comparação com o que viria depois.  Logo, eu fui traçar outro caminho, e ela também, e também para cima, quando reconheceram sua atividade ser merecedora de um título mais condizente.  E tornou-se a primeira Gerente de Comunicação da Área Internacional.

Impressionada com o desconhecimento da força do trabalho doméstica sobre a participação da empresa fora de nossas fronteiras, criou a 1ª Semana Internacional da Petrobras, um sucesso absoluto, trazendo os dirigentes de empresas no exterior para palestras sempre concorridas no Auditório Central do EDISE, além de trabalhadores locais das quatro cantos do mundo, para mostrarem seus costumes, suas idéias, seus sonhos. Nesse campo do relacionamento doméstico/internacional, ela também se preocupou com o lado reverso da moeda: Márcia foi responsável por levar sua técnica àqueles lugares, para fazer com que os empregados locais soubessem EM QUE empresa eles trabalhavam, ainda que a milhares de milhas distantes, e neles despertasse a consciência do tamanho do compromisso que era VESTIR A CAMISA da Petrobras, mesmo nas posições mais humildes. Ela ajudou a levar a imagem da Petrobras aos locais aonde a Petrobras estava, mas não se preocupava com isso.

No âmbito da Sede, Márcia sentiu que nem mesmo nós, que trabalhávamos aqui, nos conhecíamos. Em que pese trabalharmos em poucos andares de um mesmo edifício, as distâncias pareciam quilométricas. E criou o INTEGRANI. Bem, na verdade, o evento já existia, mas não cumpria o compromisso a que se prestava: o de Integração! Com Márcia, os eventos começaram a ter mais substância. Logo no primeiro, promoveu um talk-show, comandado por profissional de TV, onde pessoas vinham contar suas histórias internacionais. Depois, incitou a que demonstrássemos nossas habilidades extra-profissionais, primeiro com um festival de música, depois com teatro, usando até mesmo um diretor profissional para nos dirigir. Isso sem contar as inúmeras celebridades que trouxe, como motivadores da Força de Trabalho.

Até mesmo as cerimônias curriculares, como as Festas de Fim de Ano e, principalmente, as Cerimônias de 10, 20, 30, e até 40 anos de empresa, começaram a ser feitas de maneira profissional. Eu digo especialmente as últimas, porque o momento de celebração de tempo de casa é muito especial para os celebrados, e após Márcia, ela deixou de ser aquela burocrática entrega da escudinhos e relógios, houve sempre uma produção, com depoimentos, que sempre emocionavam os homenageados.

Isso se chama Comunicação Interna, na acepção da palavra!

Foram tantas emoções (!), e realizações. Além de tudo, foi sob sua administração, afinal,  que 'O tatu saiu da toca'. Na verdade, é o nome de um livro, de altíssima qualidade editorial e programática, em que se contaram os fatos notáveis de nossa internacionalização, neste ano completando 40 anos, além de 'causos' impagáveis de nossas peregrinações pelo mundo em nome de nossa grande empresa. O nome do livro foi extraído de um telex (!) de 1974, que anunciava, em linguagem código, o resultado do teste do poço descobridor de um gigante campo de petróleo no oriente médio.

Sobre a pessoa da Márcia, nem preciso falar mais do que nosso amigo Ricardo falou aqui embaixo. Não que ele tenha esgotado as qualidades dessa pessoa que entrou em nossas vidas há menos de 10 anos, mas deixou uma marca indelével em nossa história. É que as palavras de Ricardo emocionaram, por nos fazer ver que, nos outros caminhos por onde ela passou, ela deixou a mesma boa lembrança em todos.

Para você, Márcia, desejo o meu 5S particular.

Não, não se trata daqueles nomes japoneses!

É Sorte, Saúde, Sucesso, Sossego e ... Saravá

segunda-feira, 20 de agosto de 2012

Momentos Históricos!!!

Recebi uma correspondência de um remetente desconhecido, neste fim de semana!

Eis a resposta que escrevi!!
-------------------xxxxxxxxxxx-----------------


Queridos Con e Dani, a surpresa começou com um envelope pardo chegando, endereçado a mim, tendo como remetente um André que eu não conhecia, postada em Colatina (?), Espírito Santo...

Depois, a revista especial da Life Story, que mostrava que o tal André me conhecia, afinal, uma revista dedicada a contar os 50 Mais Históricos Momentos dos Beatles, era realmente um presente adequado para mim, que sou fã de primeiríssima hora dos rapazes de Liverpool, desde os meus 7 anos de idade.... lá se vão 47!!!

E só então vi o cartão, que explicou tudo, e me fez lembrar que a família de Dani é do Espírito Santo.

Muito simpático e tocante, da parte de vocês, tanto o presente como os dizeres!! 

Também nós achamos assim, queridos sobrinhos!!!

André, obrigado por ser portador de presente tão especial! 

Reviver os 50 melhores momentos da história daquele grupo, que aliás completa 50 anos este ano, mais exatamente no dia 5 de outubro, é mais que apropriado... é especial. 

O assunto Beatles é carro-chefe do meu blog, pois aparece em 90 de meus 880 posts, como por exemplo neste, na verdade uma pequena coletânea de 5 posts,
em que faço um resumo da melhor biografia escrita sobre eles.

Listo aqui, de cabeça muitos desses 50 momentos (ainda não li a revista). Poderia escrever sobre todos eles, aliás, sobre muitos eu já escrevi, e disponibilizo aqui. Se tiver curiosidade, basta clicar nos momentos em vermelho
...

Veja bem, eles estiveram juntos durante 7 anos e meio!!!

Quantos eventos produziram!! E continuam produzindo, mais de 40 anos após o fim.

Que saudade!!

Mais uma vez, muito obrigado!!!!

Um beijo do tio Homero
(Conrado e Daniela moram nos EUA)

domingo, 19 de agosto de 2012

CeL - Transporte em Londres

Este é mais um aperitivo do Projeto 
Cel - Caminhar em Londres (link)

Ainda antes de começar a descrição de minha peregrinação  londrina, faço uma peqeuna ode a um fator crítico de sucesso para o projeto: o transporte público da cidade!  Computo Londres como um dos mais perfeitos esquemas de tranporte público do mundo. 

A começar pelos charmosíssimos ônibus de dois andares. Quer dizr, agora não tão charmosos assim! Pena que saíram de circulação os antigos, sem porta, com entrada pela traseira, onde um bilheteiro nos recebia, acesso ao andar de cima.... enquanto o motorista fazia o seu serviço numa cabine isolada. A modernidade chegou, a tradição não resistiu às inovações, e agora os ônibus continuam duplos, são bem maiores, e o motorista cobra na entrada. Uma lástima!

Mas o que importa é que o sistema é interligado à perfeição com o sistema do metrô, o mai antigo do mundo, prestes a comletar um sesquicentenário em 1813. Perdão, esqueci que só os mais velhos, e que já tinham certa idade em 1972, sabem o significado do termo, pois naquele ano, a Independência do Brasil completou 150 anos!!

Londres praticamente "inventou" o bilhete único, que chegou há um tempo em SP, e s ao Rio, todo troncho.  Você tem que passar o bilhete na saída do metrô pois ele é válido para você fazer uma integração com o ônibus, desde que permaneça na Zona para a qual você comprou o bilhete. A cidade é dividida em Zonas (1 a 6), e se você pagou o suficiente para trafegar na Zona 1, a máquina não vai deixar você sair numa Zona 2, ou mais distante.   

E existem alguns bilhetes com ganho de escala, em preço: há os que são válidos para todo o dia, o Day Travel Card, e outros para a semana, o Week Travel Card, excelente para turismo, além do mensal, para os moradores. Que infelizmente, não pude usar pois nunca fiquei tanto tempo naquela maravilhosa cidade. 

Interessante que você pode ver a idade das linhas, pelos vagões. As mais antigas , com design de, sei lá,  50 anos, são as mais próximas à superfície. As novíssimas estão a 3 até 4 lances de escada rolante rumo ao centro da Terra, e aí você pode esperar vagões modernissimos. Ah, quanto o Rio tinha que aprender!!!

Compartilho com vocês um prazer enorme que tinha, quando estava em estações em curva, e quando o trem chegava, esperava o sistema de alto falante bradar, com uma voz gutural: Mind The Gap. É conhecido 'The most famous announcement of all time'. Note também no video, o motovo pela qual o metrô de Londres é chamado 'The Tube'!!

E, claro, tudo pontualmente britânico!! Nos pontos de ônibus tem o 'schedule' de horários, e você pode confiar... Que coisa boa!!!

quinta-feira, 16 de agosto de 2012

Los Bife e Ganeshas

Los Bife: Felipe, Guy, Igor, Dudu e Céia

Duas bandas do underground carioca
Duas bandas amigas
Duas bandas dividindo o mesmo espaço.

Foi ontem! No Espaço Sérgio Porto, do Humaitá, aqui no Rio de Janeiro!!

Eles cumpriram o prometido no convite abaixo

Olá, gente bonita e descolada
Finalmente é chegado o dia que tanto esperávamos: pela primeira vez juntos nos palcos, Ganeshas e Los Bife se apresentam no Espaço Cultural Sérgio Porto, aquela casa super bacana, ali no Humaitá. Estamos preparando esse evento com o máximo afinco para que ele saia da melhor forma possível. Então, 15 de agosto, esperamos todos lá para uma noite bem-humorada e cheia de surpresas. Começa cedo para acabar cedo e todo mundo poder acordar bem no dia seguinte. Imperdível!
Eu estive lá!

Bem, o humor esteve sempre presente.. e a categoria dos músicos e cantores garantido, ressaltados pelo execelente som. Seguro que foi o melhor show do Los Bife que vi até hoje!!! Los Bife tocou o repertório todo do seu disco Super Supérfluo, com lançamento logo, logo, e uma música nova: Alegre, cuja letra mostrou ser irônico. Além disso, um cover sensacional de Magal: um 'Tenho' em ritmo de rock, com um riff contagiante de guitarra.

Do Ganeshas, vi 5 números, super interessantes, com direito a música nova que estará em seu segundo disco, duas do primeiro, lançado em 2010, um cover de Zé Ramalho, de emocionar, e, novidade, uma canção que vai abrir uma série do Multishow: Quero Ser Solteira!! Eles já estão no caminho!!!!



Abraço

Homerix Do Lado Músico Ventura




quarta-feira, 15 de agosto de 2012

Para hipertensos ou diabéticos ..... ou não!!


Recebi esta mensagem de uma leitora!!
Achei a dica ótima!! 

Apesar de voltado a hipertensos e diabéticos, penso ser bom mesmo pra quem não é hipertenso ou diabético (como eu), que certamente pode aproveitar as dicas de como  "mudar estilo de vida (exercícios, medicação, alimentação)", e assim, afastar o perigo de se tornar hipertenso ou diabético!
_______________________________________

Caro Homero,
Estou oferecendo grupos para apoiar a mudança de estilo de vida, voltado a diabéticos e a hipertensos, na "igreja redonda", Barra da Tijuca. 
Agradeço se puder divulgar. Att., Elaine Viola (sua leitora, esposa do Primo, da Petrobrás) 

O Serviço de Atendimento em Psicologia da Paróquia São Francisco de Paula abre inscrições para dois grupos de apoio: Hipertensão e Diabetes.



Benefícios:

-Motivação para mudar estilo de vida (exercícios, medicação, alimentação).

-Melhora na capacidade de lidar com “tentações” e outros obstáculos.

-Controle da ansiedade.

-Novas amizades, novos programas, condizentes com o estilo de vida ideal.

-Informação, dicas, apoio para cumprir as prescrições do tratamento.



Público:  Pessoas com pressão alta ou com diabetes que tenham recomendações médicas para mudar o estilo de vida e que tenham dificuldades para fazê-lo.



Duração: Total de 4 meses (16 encontros), 1 vez por semana, com 1 hora e meia cada.



Horários: Quartas-feiras, manhã ou noite.



Procedimento: Apresentar-se para uma entrevista de triagem, às terças-feiras, de 9.00 h. às 11.30 h., na sala B5 da Paróquia (Pça Euvaldo Lodi, Barra, Jd. Oceânico).



Responsável: Elaine da Silva Viola, psicóloga, CRP 34141, 5ª região.

-Terapeuta cognitivo-comportamental, formada na UERJ.

-Certificada em treinamento em saúde e bem estar, em metodologia adotada por hospitais norte-americanos (Welness Coach e Health Coach, International Coach Federation).

-Diretora da Ergo & Plus Qualidade de Vida (www.ergoeplus.com.br).